Imersão cultural: como aprender a língua conciliando com o turismo no local?

Por TopWay English School

Confira no post como você pode ter uma imersão cultural que realmente valha a pena!

Por TopWay English School

27/09/2017

CulturaViagens e Línguas

Quando você quer aprender inglês, a imersão cultural pode ser indispensável, principalmente se o seu objetivo é adquirir fluência com rapidez e qualidade. Mas já pensou em como é possível aproveitar uma viagem de passeio ou um intercâmbio para estudar a língua?

Isso é possível por meio da imersão cultural, que preza por conciliar os momentos de aprendizado com o turismo local. Dessa forma, você aproveita e faz as duas coisas ao mesmo tempo — estuda e vivencia a língua por meio da cultura.

Para fazer uma viagem ao exterior com sucesso, é necessário mais do que ter um local definido para ir, já que situações adversas podem acontecer e o viajante precisa estar preparado para elas. Pensando nisso, vamos explicar, a seguir, como você pode ter uma imersão cultural que realmente valha a pena. Confira!

 

Entenda o que é imersão cultural

Antes de qualquer coisa, precisamos entender o que é imersão cultural. Algumas empresas de turismo chamam esse tipo de programa de “turismo de experiência” ou “tour temático”. Trata-se de momentos que proporcionam ao viajante um contato direto com a comunidade e seu ambiente cultural.

Então, é possível vivenciar os comportamentos e costumes do local com a imersão cultural. Seja no convívio com as pessoas nativas ou com base no fato de o idioma estar em tudo ao redor, pode-se aprender mais sobre a língua a partir dessa experimentação.

 

Prepare-se para os imprevistos

Para que a imersão realmente aconteça, é essencial que se esteja aberto à diversidade cultural e que haja disposição para aprender. Além disso, é necessário sentir-se preparado para lidar com imprevistos.

Seja em intercâmbios ou viagens de passeio, saber cumprimentar as pessoas, pedir algo, comunicar-se e lidar com diferentes situações cotidianas aumenta as oportunidades de aprimoramento da língua.

Aprender alguns termos essenciais para serem usados em uma viagem ao exterior e saber o básico da língua do país é a porta de entrada para uma boa estadia. Veja quais são as expressões indispensáveis para um turista em nações que possuem o inglês como língua oficial:

 

Cumprimentar uma pessoa

Quando você chega a um lugar que tenha outra pessoa, fale oi (hello); pergunte como ela está (how are you?); diga que tem prazer em conhecê-la (nice to meet you) e dê bom dia, boa tarde ou boa noite (good morning, good afternoon ou good evening).

 

Fazer um pedido

Seja para pedir algo em um restaurante ou perguntar onde fica determinado lugar, algumas frases prontas podem te ajudar nessas horas, como: “I would like...” (eu gostaria de...) e “Can I have... ?” (você poderia me dar...?). Ah, e não se esqueça: na hora de abordar alguém, seja educado — peça licença (excuse me) e agradeça (thank you).

Esses termos podem ser usados para iniciar uma conversa mais longa, que exigirá mais do seu inglês. Então, não tente escapar ou buscar maneiras de não precisar usar a língua: aproveite para praticar e, se der um branco, lembre-se de que é sempre possível aprender com os erros.

 

Aprenda inglês e faça turismo ao mesmo tempo

Já vimos que, com a imersão cultural, é possível aprender inglês e fazer turismo ao mesmo tempo. Se você está indo para outro país para estudar, aproveite os intervalos das aulas e conheça lugares diferentes no local onde está fazendo seu intercâmbio.

Caso esteja viajando a passeio, procure por destinos que tenham a sua cara e possibilitem um real contato com a comunidade local. É cada vez maior o número de viagens personalizadas, em que as pessoas procuram fazer aquilo de que gostam e conseguem uma integração verdadeira com os lugares e as pessoas.

 

Considere fatores relevantes para um roteiro

Alguns lugares possibilitam que intercambistas trabalhem — o que pode ser uma maneira de conhecer pessoas e ter uma experiência diferente. Mas outros países não permitem esse tipo de intercâmbio e prezam pelo aprendizado da língua em uma imersão cultural mais ampla. Esse é um fator importante a se considerar na hora de criar um roteiro de viagem para o exterior.

Na Austrália, na Irlanda e na Nova Zelândia, você pode trabalhar, estudar inglês e, ainda, fazer turismo. Já em países como a África do Sul, o Canadá, os Estados Unidos e a Inglaterra, os intercâmbios para estudar inglês são exclusivos para tal. O importante é entender que tais regras não impedem que o intercambista viaje e conheça pontos turísticos dessas regiões.

 

Visite lugares que vão aprimorar o seu inglês

Você pode visitar cidades próximas ao seu destino de estudos ou fazer um tour temático que seja de sua vontade. As pessoas que vão para aprender a língua geralmente aproveitam os intervalos entre as aulas para ir a uma lanchonete local ou os fins de semana para fazer passeios em pontos turísticos que contem a história do lugar.

 

Conheça algumas opções que são indicadas para quem quer aprender e passear:

  • Rota 66, nos EUA: uma oportunidade para quem ama andar de moto e quer conhecer as mais belas paisagens americanas;
  • Cuidar de tigres na África do Sul: um trabalho voluntário para quem gosta de animais e destinos turísticos de aventura;
  • Estudar na Riviera Inglesa: uma ilha charmosa com cidades pacatas e marcas culturais fortes;
  • Surfar no Hawaii: já pensou em surfar as melhores ondas do mundo e, ainda, estudar inglês? Está aí o lugar perfeito para isso;
  • Curtir o verão de Malta: mais uma ilha com ótimas opções de intercâmbios focados no estudo da língua inglesa;
  • Passear pelos castelos de Victoria: uma cidade do Canadá que é uma ótima opção para quem quer fazer turismo e estudar inglês ao mesmo tempo.

 

A imersão é a possibilidade de ir além do que todo mundo faz e conhece em um país: é ter a oportunidade de aprender com o outro. Conhecer as diversidades é a maneira mais eficaz de aumentar a sua visão de mundo.

Trata-se também de uma forma de nos tornarmos mais humanos e aprendermos a nos relacionar com o diferente. E, com certeza, aprender a língua na hora de fazer turismo é uma das maiores vantagens da imersão cultural.

Quer deixar seus amigos por dentro de nossas dicas? Compartilhe este post em suas redes sociais!

Receba nosso conteúdo em primeira mão, acompanhe nossa news!