Aprender Inglês

24 de Fevereiro de 2022

É possível aprender dois idiomas ao mesmo tempo?

Não sabe qual língua escolher e quer aprender mais de uma? Vem descobrir os prós, os contras e como organizar seus estudos.

É possível aprender duas línguas ao mesmo tempo?

Hoje vamos te contar os prós, os contras e como organizar seus estudos para aprender dois idiomas ao mesmo tempo.

Quer aprender uma língua nova, mas não sabe se prefere speak, hablar, parlez ou sprechen?  Nesse caso, talvez você não precise escolher apenas uma! Aprender duas línguas ao mesmo tempo é possível sim, mas tem seus desafios. 

Para te ajudar a decidir se quer encarar essa, vamos te mostrar os prós de aprender duas línguas ao mesmo tempo, as dificuldades que você pode esperar se topar esse desafio e como organizar seus estudos para superar os obstáculos e dominar dois idiomas de uma vez só!

Vantagens de aprender duas línguas simultaneamente

Aprender duas línguas ao mesmo tempo vai exercitar a sua mente de uma forma completamente nova. Trocar de uma língua para outra vai te deixar mais alerta e consciente entre as semelhanças e diferenças entre as línguas, os padrões comuns a todas elas e aspectos culturais que você terá que prestar atenção de forma diferente em cada idioma que aprende. 

Isso tudo vai tornar muito mais fácil o aprendizado de uma terceira, quarta ou quinta língua. Se você vencer essa etapa de aprender no mínimo dois idiomas ao mesmo tempo (e o seu cérebro não explodir no processo), o céu é o limite!

Aprender duas línguas ao mesmo tempo também vai motivar você a ser mais organizado e autônomo nos seus estudos, já que você terá que conciliar o estudo de dois idiomas diferentes. 

Vai ser uma prova de fogo para a sua organização e autonomia nos seus estudos, mas se você estiver motivado, os resultados vão valer a pena.

Na linha de chegada, você vai ver que consegue pensar e agir de forma mais flexível, adaptável e estratégica, seu cérebro vai estar mais elástico e você vai ser ainda mais capaz de identificar padrões e soluções tanto em outras línguas quanto em diferentes aspectos da sua vida.

Desvantagens de aprender duas línguas ao mesmo tempo

Se aprender uma língua já é um grande desafio, imagina duas! Além de exigir o dobro de tempo e esforço que o aprendizado de uma só exige, vai também demandar muito da sua motivação.

Talvez você não aprenda os dois idiomas tão rápido quanto aprenderia se focasse em um só. Seu tempo e dedicação, assim como a sua atenção, vão estar divididos. Se você é alguém que se sente motivado por resultados rápidos, isso pode ter impacto na sua determinação e levar você a desistir muito antes da linha de chegada.

Você tem que levar em conta também que estudar uma língua não é apenas estudar a gramática e memorizar fórmulas. 

Se você quiser aprender dois idiomas ao mesmo tempo, vai precisar ter contato com filmes, livros e músicas de duas culturas diferentes e essas duas culturas vão precisar estar presentes na sua vida ao mesmo tempo. Ver um filme ou ler um livro pode deixar de ser uma atividade relaxante para virar também tema de casa!

Resumindo: é possível aprender dois idiomas ao mesmo tempo, mas não quer dizer que só porque você pode, você deve. Pense bem na sua motivação e pergunte-se se ela é suficiente para carregar você durante todo o processo.

Se você quer isso mesmo só para ser multilíngue (falar duas línguas estrangeiras ou mais), talvez isso não seja suficiente. Agora, se o multilinguismo vai te levar ao sucesso profissional, acadêmico ou possibilitar aquele mochilão pela Europa que você sempre quis fazer, pode ser que você consiga agarrar a oportunidade do multilinguismo com unhas e dentes!

Como aprender dois idiomas ao mesmo tempo

Nós te avisamos dos obstáculos, mas os prós ganharam essa disputa? Então vamos lá. Vamos mostrar como organizar seus estudos e aprender dois idiomas simultaneamente!

Escolha línguas bem diferentes uma da outra

Escolher línguas muito semelhantes traz um alto risco de você confundir uma com a outra e acabar não construindo uma base boa em nenhum dos idiomas que você escolheu. 

Escolha os que possuem raízes diferentes. Inglês e alemão são línguas anglo-germânicas e, mesmo que tenham suas peculiaridades e especificidades, não aconselhamos você estudar alemão até que seu nível de inglês já seja intermediário ou vice-versa.

A mesma coisa vale para línguas românicas, como francês, espanhol e italiano. Não escolha mais de uma delas para aprender por vez. Estudar inglês e italiano vai ser mais fácil e causar menos confusão do que estudar francês e italiano ao mesmo tempo.

Para ter certeza que você vai evitar confusões, você pode apostar em idiomas ainda mais diferentes dos que falamos, como russo, mandarim e japonês. Eles possuem alfabetos e sons completamente diferentes do que estamos acostumados no ocidente e o contraste com a outra língua que você vai escolher é garantido.

Estude um pouco de cada língua todo dia, mas não ao mesmo tempo!

Um dos maiores desafios é manter o ritmo de estudo nos dois idiomas ao mesmo tempo. Se você estudar uma língua em uma semana e outra língua em outra semana, quando você voltar para a língua anterior vai ser mais difícil lembrar do que você aprendeu e mais difícil avançar no seu aprendizado.

Para evitar frustrações, estude um pouco de cada uma todos os dias, mas divida esses estudos em sessões diferentes com algum intervalo entre elas. Você pode estudar mandarim de manhã e inglês de noite, por exemplo; ou alemão no início da tarde, fazer uma pausa e voltar aos estudos com o francês.  

Isso quer dizer que eu não posso juntar as duas línguas nunca? Não! Uma ótima estratégia é assistir um filme em uma das línguas que você está aprendendo e as legendas em outra. 

Outra ideia é assistir aulas sobre um idioma dado em outra língua, por exemplo, se você está estudando japonês e inglês, você pode tentar assistir uma aula de japonês dada em inglês ou vice-versa. 

Mas deixe para começar a misturar dessa forma quando você já tiver uma boa base em cada uma!

Tenha uma rotina de estudos diferente para cada uma das línguas

Essa é outra estratégia para ajudar você a não misturar as coisas: aprender cada idioma de uma forma diferente. 

Você pode estudar um sempre de manhã e o outro sempre de noite. Você pode também estudar cada um em lugares diferentes da casa ou estudar um deles sozinho e outro em um curso de línguas. Nesse quesito, vale tudo, até usar cores de caneta diferentes para cada idioma!

Manter hábitos e rituais diferentes para cada um que você está estudando ao mesmo tempo não apenas vai evitar que você confunda o verbo to be em inglês com o être no francês, mas também vai manter a sua consistência nos estudos: você não vai precisar pensar em como estudar inglês agora de manhã e francês mais tarde, porque a sua rotina já vai definir isso por você.

Não tenha pressa!

Se você quer aprender um idioma em tempo record, definitivamente aprender dois ao mesmo tempo não é para você. Você vai precisar de paciência consigo mesmo e com o seu processo. Entenda que o que está fazendo é um desafio imenso e que exige muito de você! 

Comemore cada vitória e não se culpe por levar mais tempo que o seu amigo que estuda apenas uma língua. O processo vai ser mais longo, mais difícil, mas no final você vai sentir que é capaz de qualquer coisa!

Gostou das dicas? Envie esse post para aquele amigo louco o suficiente para aprender dois idiomas ao mesmo tempo! 

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui