Aprender Inglês

15 de Dezembro de 2021

É possível aprender inglês sozinho?

Veja como dar os primeiros passos para aprender inglês no seu ritmo e do seu jeito.

Se você está pensando em encarar o desafio de aprender inglês sozinho, você precisa saber duas coisas. A primeira é que não vai ser fácil, mas não se desespere, porque a segunda coisa que você precisa saber é que é possível sim aprender inglês sozinho!

Estudar uma nova língua é uma necessidade tão presente na nossa vida, que muitos de nós querem começar a aprender inglês imediatamente, sem se preocupar em procurar cursos e se matricular em uma escola. Nessas situações, usar a internet a nosso favor pode ser o suficiente para começar. 

Se esse é o seu caso e você quer encarar esse desafio sozinho, saiba que você vai precisar de:

  • disciplina para separar momentos do seu dia para ter esse compromisso com o inglês;
  • organização para manter seu material de estudo sempre ao seu alcance e sua lista de tarefas bem-definida;
  • autonomia para delimitar metas e prazos que fazem sentido para você e seus objetivos; e
  • autoconhecimento para avaliar seu ponto de partida, seu desempenho durante esse processo, e saber repensar suas estratégias quando elas não estiverem dando resultados.

Você tem essas características ou está disposto a praticá-las? Então aprender inglês é possível para você sim! Mas e agora? Por onde começar? Não se preocupe que a roxinha está com você e vamos ajudar a organizar os seus estudos. Vem com a gente!
 

Entenda o seu ponto de partida


Onde você está em relação ao seu nível de inglês nesse momento? Essa é uma pergunta difícil de responder, muitas vezes porque é comum pensarmos que não sabemos nada ou que somos ruins em tudo no inglês. Se esse é o seu caso e você já está começando a ficar nervoso, respire fundo!

Pegue uma folha e divida ela em duas listas: a lista do “Eu consigo” e a lista do “Eu não consigo”. Foque nas coisas que você já consegue realizar em inglês e nas coisas que você não consegue, mas gostaria. Isso vai definir os seus próximos passos e as coisas que você precisa dar uma atenção maior.

Quer alguns exemplos? Se você é uma pessoa que quer aprender inglês para viajar, pense nas situações que você provavelmente vai passar viajando: o que você consegue e não consegue fazer ao se comunicar nessas situações? Talvez você consiga se apresentar em inglês, mas não consiga pedir informações.

Pergunte-se quais habilidades você precisa praticar para saber fazer as coisas da sua lista do “Eu não consigo”. No inglês, essas habilidades geralmente estão divididas entre

  • gramática;
  • vocabulário;
  • escrita;
  • fala; 
  • escuta; e 
  • pronúncia.

Depois, organize os itens da lista “Eu não consigo” em ordem de complexidade. Na hora de estudar, você vai começar pelos itens menos complexos e ir avançando para os que demandam mais estudo, esforço e tempo.

 

Como estabelecer boas metas de estudo


Aprender inglês sozinho é difícil justamente porque estabelecer metas de aprendizado que ajudem (e não atrapalhem!) o nosso processo é um grande desafio.

Por isso, que tal organizar  melhor seus estudos a partir das suas metas? 

 

1. Crie metas específicas


Minhas metas são conseguir coisas concretas (como ser capaz de pedir informações da rua ou conseguir ler o jornal em inglês), ou são vagas demais (como “ser fluente em inglês”)? 

Você precisa ser realista na hora de definir os seus objetivos, principalmente porque, se fantasiar demais, a probabilidade é que você se veja sempre distante do final e desista do processo no meio do caminho.

Você precisa de metas específicas para poder cumprir com o segundo item dessa lista.

 

2. Mensure seus objetivos


Eu consigo medir o quanto estou conseguindo atingir a minha meta? Metas que você consegue saber quando está conseguindo atingi-las são essenciais para a sua avaliação.

Fazer uma maratona de exercícios ou testes de proficiência iniciais são boas alternativas para avaliar seu progresso.

 

3. Estabeleça prazos


Você definiu uma data para atingir essa meta? Determinar um prazo para cada uma das suas metas no inglês vai ajudar você a organizar os passos até lá e a definir o tempo de dedicação que você vai precisar.

Essa estratégia também ajuda muito na disciplina. Afinal, se você tem um prazo estipulado para estudar, é muito provável que você dedique seu tempo para cumprir essa meta.

 

4. Seja realista


Essas metas são possíveis de serem atingidas no tempo que você tem de estudo e levando em conta o seu ponto de partida? Aprender a pedir informações em inglês em uma semana é uma boa meta, mas para conseguir ler um jornal inteiro em inglês, por exemplo, você vai precisar de mais tempo para praticar diferentes habilidades. 

Se as suas metas atendem a essa checklist, então você já pode começar a pensar no próximo passo.

 

Separe os seus materiais de estudo


Esse momento aqui vai exigir bastante das suas habilidades de pesquisa. Você vai  olhar para as suas metas de aprendizado (as coisas que você não consegue fazer em inglês ainda, mas que gostaria de aprender), e procurar recursos que ajudem você a praticar as habilidades envolvidas para atingir seu objetivo.

Para praticar a habilidade da escuta, você pode usar podcasts, filmes e vídeos. Para praticar a habilidade da leitura, você pode usar livros, blogs, jornais e revistas. Nesses casos, tente procurar conteúdos que você consiga entender a maior parte do que está sendo dito, mas que também tragam algum nível de dificuldade e desafio.

Para desenvolver melhor o seu vocabulário, você pode usar flashcards para praticar novas palavras (você pode encontrar várias opções prontas na internet), e para praticar a escrita e a fala, junte-se a canais de prática de inglês no discord ou fóruns na internet para praticar conversando sobre assuntos que você gosta.

Outra coisa que é muito importante saber é que não é porque você está aprendendo inglês sozinho que você deva abrir mão de material de apoio. Vários livros didáticos de inglês de grandes editoras têm versões que trazem as respostas para todos os exercícios do livro. 

Um bom livro didático pode servir como um ótimo guia para os seus estudos e pode ajudar você a transformar vários itens da sua lista do “Eu não consigo” em “Eu consigo”!

 

Mas então para que serve um curso de inglês?

 

Você deve estar se perguntando: se aprender inglês sozinho é possível, quais as vantagens de um curso de inglês? Em primeiro lugar, um bom curso de inglês vai ajudar você em todos esses passos: determinar seu ponto de partida, estabelecer suas metas e disponibilizar o material didático e as ferramentas necessárias para todo o seu percurso de aprendizado.

Você ainda vai precisar de disciplina, organização, autonomia e autoconhecimento, claro! Mas imagina praticar essas habilidades e ainda por cima poder contar com uma equipe qualificada, metodologia eficiente e material didático digital de qualidade? 

Se você quer um aprendizado eficiente, em menos tempo e focado em resultados, vem conhecer a escola de inglês da TopWay!

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui