Trip

26 de Setembro de 2019

8 situações clássicas em uma viagem

Lembre algumas situações que você com certeza já passou em uma viagem

Nós seres humanos temos uma capacidade imensa de viajar sem sair do lugar, não é mesmo? Viajamos em nossos pensamentos fazendo planos pro futuro, viajamos assistindo nossos filmes favoritos ou ouvindo aquela música que toca bem fundo o nosso coraçãozinho. 

Mas, viajar fisicamente, seja sozinho ou acompanhado, também é bom demais. Enriquece a alma, nos abre a mente para novas possibilidades e vivências. Para quem gosta de viajar, não existe nada que se compare à experiência de deixar a rotina um pouco de lado, meter o pé na estrada e conhecer um novo lugar, uma nova cultura. 

Pensando nesse assunto todo viajado, hoje nós separamos algumas situações que todo mundo já passou em uma viagem - pra gente rir um pouquinho lembrando desses momentos divertidos que só viagens podem nos proporcionar. 

1) Se perder na cidade
 
Mesmo tendo a tecnologia avançado em muitos sentidos, não existe técnica ou aplicativo que consiga evitar que a gente se perca em cidades desconhecidas. Nesses momentos não há GPS ou mapas que resolvam a situação. O jeito é perguntar pras pessoas na rua e tentar chegar ao destino logo. Mas, o lado bom é que quando nos perdemos, é possível conhecer novos lugares que não estavam no planejamento. 
 
2) Pedir para um estranho tirar uma foto sua 
 
Hoje em dia com a facilidade que temos de registrar momentos e armazená-los com nossos gigabytes de memória, o que torna impossível conhecer um lugar e não guardar um registro na memória do celular, certo? O problema é quando queremos uma foto tradicional (não selfie) e não tem alguém por perto pra tirar. O jeito é pedir pra um desconhecido na rua e torcer pra que ele aceite. 
 
3) Não entender algo que alguém falou 
 
Quando estamos em um país estrangeiro, é perfeitamente normal que em algum momento não entendamos o que um nativo está falando, mesmo que a gente tenha conhecimento do idioma. Os sotaques variam bastante dependendo da região, e também existem gírias e vocábulos específicos de alguns locais.

Por isso é importante que você sempre estude bastante o idioma antes de chegar no país, para evitar mal entendidos e possíveis confusões. Mas, não se preocupe tanto. Sua viagem também irá auxiliar no melhor aprendizado da língua. 

4) Conhecer novos costumes e culturas 

É fascinante como aspectos culturais e costumes variam de cidade para cidade, de estado para estado dentro de um só país. No Brasil isso é ainda mais incrível, levando em consideração a quantidade de estados e a variação de culturas presente em cada parte do país. E talvez essa seja a melhor parte de uma viagem. Sair da sua zona de conforto e dos costumes onde você está habituado e entender como outras culturas funcionam. A bagagem cultural que só uma viagem de peito/mente aberta nos proporciona. 
 
5) Passar horas em uma fila

Algo bastante comum é enfrentar longas filas para conhecer o ponto turístico de algum lugar, principalmente se ele for bastante conhecido e badalado. Na verdade, conhecer algum lugar turístico sem enfrentar filas ou sem encontrar bastante gente no local é sinônimo de sorte. Portanto, lembre-se de procurar as informações do local, se há bastante procura, se existem ingressos online para que você possa evitar filas. Se não tiver jeito, lembre-se de se hidratar! 


6) Ficar com dor nos pés

Viajar é sinônimo de caminhadas. Não é a mesma coisa quando passeamos de carro, ônibus ou metrô (exceto quando o destino que procuramos é longe, é claro). A graça está em se exercitar e conhecer tudo o que a nova cidade tem para oferecer. Andar pelas ruas, conhecer os museus, as praças, os bares, enfim… E tudo isso faz com que a gente sinta dor nos pés, o que é uma pena. Por isso, tente fazer algumas pausas entre uma atividade e outra. 
 
7) Almoçar fast food para economizar 


Nem sempre estamos esbanjando o dinheiro para viagens. São muitos pontos turísticos para conhecer, muitos passeios para fazer, hotel, locomoção, compras, enfim… Às vezes a melhor opção é almoçar um fast food mais baratinho pra poder explorar  e aproveitar coisas mais “caras” depois.

8) Comer coisas diferentes

E por último mas não menos importante: conhecer as comidas típicas do local. A gastronomia é com certeza a melhor forma de conhecer a fundo a cultura de um lugar e não tem nada melhor do experimentar novos temperos, novos pratos e comidas completamente diferentes daquilo que estamos acostumados. 
E aí, o que você achou deste conteúdo? Sentiu vontade de sair pra viajar e matar a saudade dessas situações? Conta pra gente nos comentários!