Nômades digitais: como trabalhar em qualquer lugar do mundo

Nômades digitais: como trabalhar em qualquer lugar do mundo

Carregar o trabalho na mochila é o sonho de muitos profissionais. Faça o teste e descubra se você está apto a se tornar um nômade digital

Por TopWay English School 07/12/2018 Viagens e Línguas

As relações de trabalho tem se transformado e, para alguns profissionais, um plano de carreira bem sucedido não passa pelos corredores de uma grande empresa. Ser independente, definir os próprios horários e ter a cada dia um novo ambiente de trabalho faz parte da rotina dos nômades digitais.

 

Mas, peraí, como funciona esta nova forma de trabalho?

De forma resumida, os nômades digitais são trabalhadores que atuam de forma remota. Podem ser empreendedores, freelancers, mas também funcionários com contrato formal que cumprem as obrigações pela internet - de casa ou de uma praia no Caribe.

A principal vantagem de adotar o nomadismo como um estilo de vida, é poder definir a própria agenda. Você pode, por exemplo, fazer um almoço estendido e trabalhar durante a noite para compensar.

O estilo de vida, porém, também tem desvantagens. É preciso ter foco para não perder prazos e saber eleger prioridades. Abrir mão de passeios e programas turísticos pode ser frustrante, mas é uma situação na vida dos trabalhadores remotos.

 

Quero ser nômade digital! O que devo fazer?

A primeira coisa é analisar como a sua profissão pode ser exercida remotamente. As possibilidades são muitas: um professor pode dar aulas online, um jornalista pode enviar os textos por e-mail, um advogado pode prestar consultoria a distância. O segredo é transformar o seu trabalho em algo que possa ser feito em qualquer lugar com internet.

Por essência, os nômades digitais mudam de cidade ou país com frequência. Mas isso não significa que você precisa estar fora de casa para começar. Experimente o home office como um teste e avalie como você lida com o fato de tomar conta do seu próprio tempo de forma independente. Depois, comece a levar o trabalho para outros lugares.

Alguns destinos são mais procurados por profissionais que trabalham remotamente. Entre os queridinhos estão: San Diego, nos Estados Unido; Lisboa, em Portugal; e Florianópolis, no Brasil. São cidades que oferecem um custo de vida econômico, mas também uma boa estrutura - com internet de alta qualidade e espaços de trabalho colaborativos.

Se você acha que esta forma de trabalho é perfeita para o seu estilo de vida, considere a possibilidade de fazer um bom curso de idiomas. Conhecer o Brasil como nômade digital é uma boa opção e você já está com o português na ponta da língua. Mas, em destinos internacionais, é importante ter conhecimento, pelo menos, do inglês. Neste post, nós falamos sobre como o inglês se tornou o idioma universal.

 

Nem tudo são flores...

Adotar o nomadismo digital é uma oportunidade de trabalhar e viajar ao mesmo tempo, mas também tem pontos negativos que devem ser considerados. Carregar o escritório, literalmente, nas costas não é sinônimo de férias. É trabalho duro e, em muitos casos, não existe diferença entre dia da semana e final de semana. Todo dia é dia de produzir. Além disso, é preciso contar com um bom planejamento financeiro, principalmente se você for empreendedor ou freelancer. Como a renda mensal não é garantida com um salário fixo, controlar bem os gastos é necessário para não faltar dinheiro no final do mês.

 

Pronto para começar?

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de ser um nômade digital, que tal fazer um teste? Responda com Verdadeiro ou Falso, de acordo com a forma como você se enxerga em cada um dos quesitos.
 

( ) Não suporto a ideia de ter uma rotina pré-estabelecida.
( ) Mudanças fazem parte da minha vida.
( ) Adoro novos ambientes de trabalho!
( ) Sai pra lá com horários rigorosos!
( ) Trabalhar 11 meses e ter um de férias me incomoda.
( ) Não faço questão de ter a carteira de trabalho assinada.
( ) Nem de um plano de carreira sólido em uma grande empresa.
( ) Sou fera no inglês!
( ) É um fato: volto de uma viagem planejando a próxima.
( ) Cruzes, viver sempre na mesma cidade me dá arrepios!
( ) Tenho facilidade para manter um planejamento financeiro.
( ) Eu resolvo burocracias com facilidade.

 

Se você respondeu a maior parte das sentenças com V, nós temos uma notícia para lhe dar: você está pronto para cair na estrada e ser um nômade digital. Ter organização para estabelecer prazos e não ter receio de “abrir mão” das vantagens de um trabalho formal, são meio caminho andado para o sucesso na vida de profissional independente.

Caso as suas respostas tenham ido mais para o lado do F, não fique triste. O mundo é um lugar cheio de pessoas diferentes e esta é a beleza dele! Se você quiser muito ser um nômade digital, antes de dar um salto no escuro, negocie uns dias de home office e faça a experiência.

Pronto para cair no mundo como um nômade digital? Se precisar de ajuda para aprender inglês, entre em contato com a gente.

Receba nosso conteúdo em primeira mão, acompanhe nossa news!

INICIAR CHAT