Dicas

05 de Março de 2021

Kids: quais são os benefícios de aprender inglês na infância?

Muito se fala nas vantagens de aprender inglês na infância, mas quais são eles exatamente?

Nós já conversamos algumas vezes sobre a importância de se aprender inglês, principalmente com relação ao futuro, e como ele pode se tornar uma ferramenta de transformação. Por isso, é provável que já tenha passado pela sua cabeça que o melhor para o seu pequeno é aprender inglês ainda na infância.

Durante a infância a criança descobre o mundo. Sua criatividade e curiosidade estão aguçadas. Assim, há uma maior facilidade para se aprender as coisas. Claro, precisamos salientar que aprender algo na infância vai muito além dessa facilidade: é uma experiência que influencia diretamente no desenvolvimento da criança.

Mas quais são efetivamente os benefícios de se aprender um segundo idioma na infância?

Aprendizagem mais rápida

Apesar de não podermos afirmar que o cérebro das crianças possui maior predisposição para o aprendizado comparado ao dos adultos, é inegável que, durante a infância, se aprende mais rápido. Claro, isso está mais relacionado a fatores externos do que a um desempenho maior do cérebro, como já conversamos brevemente em um texto recente no blog.

Durante a infância, a criança tende a ter maior abertura para novas experiências. Elas têm menos medo de errar e estão mais dispostas a interagir com os outros. Além disso, possuem muito mais tempo livre, menos preocupações e coisas com as quais se estressar.

Ainda, um estudo do Massachusetts Institute of Technology (MIT) realizado em 2018 apontou que a infância é o período em que ocorre maior fixação de conceitos de gramática no aprendizado de língua inglesa. Além do mais, as crianças possuem uma maior facilidade de produção e compreensão de sons. Isso ocorre porque seu aparelho fonador não está completamente "formado", isto é, ele ainda não filtrou totalmente todos os sons que serão úteis para a comunicação da criança.

Desenvolvimento cognitivo

Além dessa facilidade para aprender, a criança pode desenvolver melhor suas habilidades cognitivas. Antes de tudo, precisamos destacar que não há problema em aprender uma segunda língua enquanto se aprende a língua materna. Talvez no início a criança possa fazer algumas confusões, mas isso não acarretará em um atraso no aprendizado ou em um prejuízo à sua capacidade comunicativa.

Dito isso, a criança que se tornar bilíngue (isto é, que fala dois idiomas) terá mais facilidade para resolver problemas e irá melhorar a sua concentração, além de se tornar mais criativo - dentre muitos outros benefícios.

O cérebro de quem aprende duas ou mais línguas está sempre sendo desafiado. Ele precisa realizar um esforço maior para reconhecer e negociar significados na língua estrangeira. Isso resulta em uma melhor capacidade de associação e uma habilidade maior de resolução de problemas. 

Além disso, a comunicação utilizando um vocabulário reduzido (quando não se é fluente) exercita a criatividade, já que o bilíngue terá que pensar em outras estratégias para comunicar a sua mensagem.

Aprender um novo idioma desde cedo também auxilia na concentração, pois aprender outras culturas através de uma língua estrangeira também ajuda a fortalecer a memória. A criança terá uma maior facilidade para lembrar coisas que viu e aprendeu ao longo da vida. O exercício constante de aprender e praticar novas palavras diariamente faz com que se tenha uma memória mais "aguçada".

Não podemos deixar de mencionar que a mudança constante entre uma língua e outra ajuda na agilidade mental. Dessa forma, a criança desenvolve a capacidade de realizar mais tarefas ao mesmo tempo.

Melhora pessoal

Claro, não estamos dizendo que até agora não há nenhum tipo de melhora pessoal. Muito pelo contrário! Aprender uma nova língua é uma melhoria em todos os níveis. Por isso, é importante falar sobre questões que vão além do cognitivo, como o aumento da bagagem cultural, a redução da timidez ou até mesmo de questões acadêmicas e profissionais.

Como as crianças estão mais abertas a novas experiências, aprender inglês é uma ótima maneira de ampliar a sua visão de mundo, conhecendo outros povos e culturas. Dessa forma, a criança irá ampliar a sua bagagem cultural, além de despertar a sua curiosidade. Ainda, como uma boa parte do conhecimento está em inglês e, saber o idioma irá ampliar o acesso a novas informações.

Além disso, aprender uma outra língua incentiva a comunicação e, consequentemente, ajuda a reduzir a timidez. Um ambiente imersivo, que incentiva a criança a se expressar livremente, irá ajudá-la a tomar mais riscos, tornando-a mais autoconfiante. Logo, a criança se tornará mais segura de si para se comunicar e praticar a língua, sem medo de errar, mas entendendo que errar faz parte do processo de aprendizagem e é super normal e saudável.

E, bom, não podemos deixar de mencionar que aprender outro idioma é uma preparação para o mercado de trabalho. Hoje, é indispensável saber inglês para conseguir um emprego. Da mesma forma, o inglês é cobrado nos vestibulares, principalmente no ENEM, e saber a língua irá ajudar a ingressar em uma universidade - o que também irá ajudar a conseguir um emprego melhor.


São muitos benefícios para se aprender inglês na infância, né? Mas agora que você já sabe alguns dos principais, o que acha de investir mais no seu pequeno?

Em outro conteúdo do blog, nós explicamos algumas metodologias para aprender inglês, o que pode ajudar você a decidir qual a melhor. Você também pode ter interesse em saber como escolher o melhor curso de inglês.

De qualquer forma, o importante é que você saiba que quanto antes o seu filho começar a estudar inglês, melhor será para o desenvolvimento dele.

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui