Dicas 8 de Junho de 2024

Inglês australiano: características, diferenças e gírias

Já ouviu uma pessoa da Austrália falando e achou muito estranho? Não se preocupe! Neste artigo, você vai conhecer tudo sobre o inglês australiano, Mate!

Por conta de a Austrália já ter sido colônia da Inglaterra, o inglês australiano é muito parecido com o britânico. Mesmo assim, ele possui alguns termos bem únicos, e o modo de falar do pessoal da terra dos cangurus é informal e cheio de gírias, coisa que reflete bastante o próprio modo de vida no país.

Lar de vários animais exóticos, de uma comidinha bem gostosa e de pessoas calorosas, a Austrália possui uma cultura riquíssima, então, seu idioma não poderia ser diferente, né?

E pode até parecer difícil de entendê-lo no início, mas nada que a roxinha aqui não possa ajudar: segue na leitura para descobrir tudo o que você precisa saber!

Quais são as características do inglês australiano?

O som da pronúncia de palavras no inglês australiano é mais anasalado, ou seja, parece vir mais do nariz do que da garganta. Além disso, algumas letras não são pronunciadas, e a letra “a”, especificamente, parece ser mais “aberta” em comparação com o sotaque britânico, por exemplo.

O vocabulário também possui gírias em inglês diferentes das que são usadas nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Muita coisa, né? Calma, vamos por partes!

O som é mais anasalado

Sabe quando você faz aquele “huuuum” similar ao de uma aula de yoga, com a boca fechada e soltando o ar pelo nariz? É mais ou menos assim que soa o inglês na Austrália: anasalado. Se liga no exemplo abaixo, de uma empresa de lá!

 

 

Algumas letras não são pronunciadas

Esta é uma característica bem forte do inglês australiano, e pode até confundir muitas pessoas que estiverem tentando entender o que a galera fala no país. O “r” no final das palavras? Esquece! E termos terminados em “-er”, na verdade, parecem terminados em “a”.

Isso significa que car e bar, por exemplo, são pronunciadas como “cáh” e “báh”, com o tempo de fala da letra “a” um pouco estendido. E better e forever viram “bétah” e “foreváh”, algo bem parecido com o que acontece com palavras do inglês britânico diferentes das do americano.

O som do “a” é mais aberto

A palavra day, em vez de ter uma pronúncia parecida com “dei”, como acontece em outros países que falam a língua inglesa, acaba ficando quase com um som de “dâi”, só não com som de “dái” porque, apesar de aberto, o “a” não é tão evidente quanto no português.

As gírias de lá são só de lá mesmo!

Além de todas essas mudanças, o vocabulário é diferente no inglês australiano porque ele ficou super marcado pelas várias gírias usadas pelos habitantes do país, mas isso é papo para um tópico que está mais para baixo, também neste artigo. Antes dele…

Anote diferenças do inglês americano, britânico e australiano

O inglês australiano acaba sendo uma mistura das semelhanças e diferenças do inglês americano e o britânico, mas com uma pitadinha a mais de gírias e a combinação de termos da cultura indígena da região. Além disso, ele possui três diferentes tipos de sotaque: o “general”, o “broad” e o “cultivated”.

O sotaque conhecido como general é o tipo mais comum da Austrália, enquanto o broad é mais carregado e associado à classe trabalhadora, e o cultivated traz uma pronúncia das palavras mais próxima da britânica, ao mesmo tempo em que é o menos falado pelos habitantes do país.

Inclusive, alguns fatos interessantes sobre o inglês australiano são que:

  • muitos dos termos usados vêm de influência da cultura pop dos Estados Unidos por causa da mídia e da internet, mais especificamente; e
  • a própria palavra “Austrália” é pronunciada “Straya” pelos nativos.

Repete com a gente: istrayâ.

Agora, voltando às gírias, se você quiser falar como um(a) verdadeiro(a) australiano(a), precisa aprender pelo menos algumas delas.

30 gírias australianas para falar como os nativos

Aqui vai uma lista de gírias australianas para você entender – ou, se possível, falar – tudo quando for viajar a passeio, para trabalhar ou para fazer um intercâmbio na Austrália.

  1. Amber: cerveja
  2. Ambo: ambulância
  3. Arvo (vem de “afternoon”): tarde
  4. Aussie: pessoa que nasceu na Austrália
  5. Barbie (vem de “barbecue”): churrasco
  6. Bogan: alguém sem educação
  7. Brekkie (vem de “breakfast”): café da manhã
  8. Drongo: idiota
  9. Fair dinkum: verdadeiro, genuíno, real
  10. Footy (vem de “football”): futebol e esportes similares, a depender do contexto
  11. Gander: dar uma olhada em alguma coisa
  12. G'day (é uma abreviação de “good day”): bom dia, oi, olá
  13. Give it a burl: tentar algo, experimentar
  14. Goon: vinho de mesa
  15. Lollie: doce, bala
  16. Macca’s: McDonald’s – acredita?!
  17. Mate: amigo
  18. Mozzie: mosquito
  19. Pommie: pessoa britânica
  20. Postie: carteiro
  21. Ripper: ótimo, fantástico
  22. She's apple: está tudo bem
  23. Stoked: animado(a)
  24. Sunnies (vem de “sunglasses”): óculos de sol
  25. Tellie: televisão
  26. To spit the dummy: fazer birra, tolice
  27. Too right: concordo
  28. Tucker: comida
  29. Undies (vem de “underwear”): roupa íntima
  30. Yabber: conversar, bater papo

É mega importante que você saiba particularidades de cada língua que decidir estudar para não ter grandes dificuldades no aprendizado, belezinha? E, se precisar de um mate (“mâit”) nessas horas, basta seguir as dicas que vêm adiante.

Como aprender inglês australiano?

A melhor forma de aprender o inglês australiano é se familiarizar com as características do idioma e ouvir ao máximo os falantes nativos. Para isso, consuma músicas, podcasts, filmes, séries e conteúdos de influenciadores da terra dos cangurus.

Junto com isso, aqui vão as últimas orientações – de ouro! – para que seu aprendizado fique mais tranquilo(a) e você possa ser um(a) mestre jedi do inglês australiano, principalmente no tópico “compreensão”.

Truques rápidos de como entender o inglês australiano

Alguns artistas, como Chris Hemsworth, Margot Robbie e Hugh Jackman são australianos, então, vale seguir seus perfis no Instagram e também assistir a algumas de suas entrevistas no YouTube para ficar de olho em como eles falam, ir anotando as palavras que você não conhecer e pesquisá-las depois.

Aí, use esses mesmos termos para tentar construir frases e diálogos em inglês diferentes dos que você ouviu, mas com coesão e coerência!

E, além de ouvir muito como os falantes nativos se comunicam, você também precisa estudar o idioma pensando em aumentar seu vocabulário em inglês no geral, para então, começar a entender gramaticalmente como a língua funciona e observar por conta própria as diferenças entre Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.

Para isso, nada melhor do que contar com um curso de inglês com aulas dinâmicas e divertidas e ter a tranquilidade de aprender de forma rápida, efetiva e leve!

O primeiro passo está dado: você pode, sim, dizer que já conhece mais sobre o inglês australiano. Prepare-se para abraçar um coala, lutar contra um canguru ou colocar um chapéu de detetive em um ornitorrinco, como no desenho animado de Phineas e Ferb, e “have a nice trip” – tenha uma boa viagem.

 

 

Artigos relacionados

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui