Cultura

02 de Setembro de 2020

Imersão: Curiosidades sobre a Irlanda

Saiba mais sobre a cultura da terra de São Patrício

Quando se quer aprender um novo idioma, é importante buscar entender sobre a cultura dos países que tenham o idioma como língua oficial. No caso do inglês, por exemplo, é importante saber sobre os aspectos culturais de países que modificam e utilizam a língua inglesa diariamente. 

Pensando em te aproximar mais dessas culturas, nós preparamos uma série de conteúdos com aspectos culturais de países que tenham o inglês como primeira língua ou como língua oficial, como o Canadá, Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e hoje, Irlanda. Confira algumas características sobre a cultura irlandesa: 

1) Celebrações de St. Patrick’s Day   
 

Saint Patrick, o padroeiro da Irlanda, foi levado para a ilha como escravo e lá passou a evangelizar irlandeses para conversão ao catolicismo. Usava a Shamrock (trevo de três folhas) para explicar a santíssima trindade através de uma analogia, daí a tradição do uso das roupas verdes.
 
Morreu no dia 17 de março, data em que é celebrado o St. Patrick’s Day - hoje comemorado em diversos países. O primeiro “St. Patrick’s Festival” foi realizado no dia 17 de março de 1996, e em 2006 o festival passou a durar cinco dias na Irlanda. 

Durante o dia, os irlandeses costumam se fantasiar e participar de desfiles com fogos, acrobacias e shows. e os leprechauns, ou gnomos, são outros símbolos da celebração.

Para você entender um pouquinho mais a relevância do ‘evento’, o St. Patrick’s Day está para os países de língua inglesa, assim como o Carnaval para o Brasil e a Oktoberfest para a Alemanha.
 
2) Chá a toda hora

Os irlandeses são apreciadores assíduos de chá, tanto quanto os ingleses. 

Lá não existe a hora do chá. Toda hora é hora do chá, devido a preferência dos irlandeses pela bebida. Vale até chá com leite, um costume bem peculiar. 
 
O leite é servido no chá preto, chamado de black tea ou breakfast tea. E para eles isso é tão normal quanto café com leite.

Inclusive, a bebida é símbolo de proximidade e de conhecimento entre as pessoas e uma verdadeira fonte de conforto para os irlandeses. 

3) Chuva, chuva e chuva


O clima do país é conhecido pela umidade e pelos dias nublados (parece a Inglaterra, né? É a vizinhança!). 

No verão, as máximas não passam de 30ºC, os dias são bastante cinzas e o sol é um fenômeno quase que raro (inclusive, quando sai um solzinho, todo mundo corre para os parques e praças para aproveitar). 

Mas, não pense que por conta da chuva a Irlanda não é um bom lugar para passear e desbravar pontos turísticos. Afinal de contas, os pontos turísticos irlandeses são incríveis e você pode aproveitá-los mesmo com o tempo frio ou chuvoso. 

4) Secar roupas dentro de casa 

Por conta do clima chuvoso, a maior parte das casas não possui área de serviço com tanque ou lavanderia, como vemos aqui no Brasil.

‘Mas o que uma coisa tem a ver com a outra?’ Como o tempo é muito úmido, é impossível deixar roupas secando em varal fora de casal, afinal, o sol é realmente uma exceção. Então, é bem comum encontrar casas com secadoras ou ver um varal portátil na sala, por exemplo.

Além disso, as máquinas de lavar roupa fazem parte da mobília das cozinhas irlandesas. Isso mesmo, na cozinha. Curioso, né?

5) Da cerveja ao Guinness Book 

A Irlanda está entre os maiores países consumidores de cerveja no mundo. Os pubs locais são pontos turísticos conhecidos e é muito comum sair do trabalho e já começar o happy hour em algum bar.

Uma curiosidade interessante sobre bebida alcóolica na Irlanda é que elas só podem ser compradas das 10h da manhã às 22h da noite. Antes das 10 horas da manhã e depois das 22 horas, não é possível comprar nada! O único lugar onde você vai encontrar bebida alcoólica após esse horário é nos bares.

Mas voltando pra cerveja: a cerveja irlandesa mais conhecida é a Guinness, sua fábrica fica em Dublin, capital do país. E foi um ex presidente da cervejaria, Arthur Guinness, que teve a ideia de criar o Livro dos Recordes: conhecido como Guinness Book. 

A primeira edição do Livro dos Recordes, o queridinho dos curiosos, foi lançada em 27 de agosto de 1955 e já no Natal daquele ano foi o livro mais vendido de todo o Reino Unido.

6) Internet no ônibus 

Diferente do que muitas pessoas acreditam, nem todos os países da Europa possuem internet grátis em todos os lugares. 

Mas em Dublin, capital da Irlanda, existem wi-fi gratuitos nos ônibus, o que é uma grande ajuda para quem está recém conhecendo a cidade. 

7) Café da manhã na Irlanda

Assim como os americanos, os irlandeses também valorizam muito o café da manhã e comem bacon e ovos fritos na primeira refeição do dia. 

O prato mais famoso na Irlanda é justamente o ‘café da manhã irlandês’ que inclui: ovos fritos ou mexidos, torradas, tomate, bacon, feijão (diferente do nosso, os Irlandeses comem feijão com um molho de tomate e um pouco adocicado, geralmente enlatados), morcela e em alguns lugares é servida uma tortinha de batata e até cogumelos. 
Curioso, né? 

 

8) Portas coloridas

Um fato curioso sobre a Irlanda é que portas coloridas estão presentes em quase todas as casas. E existem duas lendas que justificam esse costume: 

O primeiro diz que em 1861 a Rainha Victoria, após a morte do Príncipe Albert, decretou que todas as casas Irlandesas tivessem uma bandeira preta como sinal de luto. No dia seguinte, em protesto, um Irlandês pintou a porta de sua casa com uma cor alegre e foi copiado por centenas de Irlandeses.

A segunda explicação é que como os homens geralmente voltavam bêbados para casa, com as portas coloridas, ficava mais fácil identificar qual era a sua residência.
 

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia.