Empreendedorismo

18 de Junho de 2020

É preciso ter experiência para abrir uma franquia?

Entenda se você precisa ou não de experiência para administrar uma franquia

Quando você está buscando oportunidades de negócios e decide investir em uma franquia, é comum pensar se é preciso ou não ter experiência em negócios para administrá-la. Por isso, hoje nós viemos responder uma pergunta frequente para quem quer investir no mercado franchising: Precisa de experiência para abrir uma franquia? 

A resposta é simples: não. O setor permite que novos empreendedores invistam seu tempo, dinheiro e conhecimento em um tipo de negócio testado, que funciona e que conta com todo um suporte da marca.

“Então, eu posso abrir uma franquia sem experiência?”

Sim, isso mesmo! Um empreendedor, quando investe em uma franquia, está de certa forma comprando e investindo no know how oferecido pelo Franqueador, o que faz com que ele receba todo o conhecimento necessário para a operação do negócio. 

Sendo assim, se estiver pensando que este pode ser um bom investimento para você, não deixe a insegurança te afetar. No segmento de franquias, a experiência não é, definitivamente, o fator mais importante. 

1) Você recebe todo o know-how do franqueador

Como elencamos anteriormente, ao se tornar franqueado, você adquire a expertise do Franqueador. Ou seja, você tem acesso ao know-how e experiências bem sucedidas da marca. Além disso, a partir dessas experiências oferecidas pelo suporte da rede, você aprende como funcionam os treinamentos e todos os processos desenvolvidos pela franquia. 

2) Você tem acesso a fornecedores já selecionados 

Quando não se tem experiência, uma das maiores dificuldades em um negócio é encontrar fornecedores de qualidade e confiança para o funcionamento da empresa. Ao investir em uma franquia, você tem acesso aos fornecedores já selecionados pelo Franqueador e utilizados por outros franqueados. 

3) Você conta com o suporte do Franqueador 

Quando se investe em uma franquia, o franqueado conta não só com um suporte para a implementação da empresa, mas também uma assistência constante. As marcas costumam oferecer suporte contínuo em questões administrativas, financeiras, comerciais e tudo o que mais for necessário para o desenvolvimento do franqueado em seu negócio. 

4) Você participa de treinamentos 

Além do suporte, todo franqueado passa por treinamentos desde a fase da implantação da franquia até o dia-a-dia operacional e início das operações. Técnicas de recrutamento e seleção, gestão financeira, gestão de crises e tantas outras são passadas pela Franqueadora antes mesmo do início das operações da franquia. 

Conclusão: 

Como mostramos ao longo do texto, a falta de experiência não é um problema quando o assunto é franquia. Essa falta de experiência acaba sendo compensada pelo acesso disponibilizado pela Franqueadora. Mas, se pudermos deixar uma dica extremamente valiosa seria: muito mais importante do que experiência é a disposição. 

A experiência você adquire através dos conhecimentos de processos passados pela marca e na prática no dia a dia com as operações. Mas, para isso, você precisa ter disposição para seguir as orientações, respeitar as regras e práticas estabelecidas pela franqueadora e, acima de tudo, estar disposto a fazer seu negócio decolar. 

Apesar de todo o know how oferecido pela franqueadora, você é quem irá administrar o seu negócio. Sendo assim, esteja pronto para se qualificar, se atualizar e dar o seu melhor sempre respeitando os processos estabelecidos em contrato. Boa sorte e até mais!