Cultura 6 de Junho de 2024

Como é a comemoração do Dia das Mães nos EUA?

O Dia das Mães é um dos feriados mais lucrativos dos EUA! Entenda por quê, saiba quando o comemoram e muito mais, neste artigo!

Um momento especial para homenagear as mamães de todo o mundo, o Dia das Mães é comemorado no segundo domingo de maio em vários países, incluindo o Brasil, a Itália, o Canadá e os EUA.

Mas, especificamente na terra do Tio Sam, o feriado tem uma origem diferente. Só para começar, a data foi oficializada no começo do século XX! Além disso, ela fica marcada todos os anos por uma grande movimentação da economia norte-americana.

Veja detalhes sobre essas e outras curiosidades e conheça tradições do Dia das Mães nos Estados Unidos neste artigo!

Quando é o Dia das Mães nos Estados Unidos?

O Mother’s Day ou Dia das Mães acontece no segundo domingo de maio todos os anos nos Estados Unidos, assim como no Brasil. E, também do mesmo jeito que os brasileiros, muitos norte-americanos se movimentam à beça para comprar presentes, marcar encontros e afins nessa data tão importante.

Isso porque é igualmente comum por lá as pessoas se juntarem para celebrar e honrar as mães pelo papel que elas têm tanto no núcleo familiar quanto na sociedade.

E como é celebrado o Dia das Mães nos EUA?

Uma das principais tradições é preparar um café da manhã caprichado e levá-lo para a mãe na cama antes mesmo de ela se levantar e começar o dia. Esse pode ser considerado um verdadeiro “breakfast in bed”, literalmente!

Tem também quem aposte num almoço especial oferecido para as mães na data com a ideia de mantê-las longe dos afazeres domésticos e/ou profissionais e permitir que elas apenas curtam o dia.

E vale até comemorar com um brunch bem feito e cheio das comidas favoritas da mamis! Não sabe o que significa? Aqui vai uma explicação rápida: o brunch representa uma refeição que combina elementos do café da manhã (breakfast) e do almoço (lunch), e a cultura de fazê-lo é muito forte nos EUA!

Ainda como parte das comemorações, parentes e amigos podem se reunir para passar tempo ao ar livre com as homenageadas, em praças, parques ou escolas. Nesse último caso, as crianças costumam preparar presentes, como cartinhas e colagens.

Algumas até participam de recitais e apresentações especiais com músicas emocionantes, assim como no Brasil! Aliás, quem nunca errou a letra na hora da homenagem no colégio?

Outros presentes mais comuns nos Estados Unidos para a data são flores nas cores vermelha ou rosa representando amor e gratidão e cartões com mensagens bonitas feitos à mão (handmade) ou comprados em lojas especializadas.

Agora, surpreenda-se com esta curiosidade: é costume que algumas congregações norte-americanas ofereçam missas especiais no dia também, mas porque o feriado surgiu, na verdade, para homenagear um membro ativo da Igreja Metodista Episcopal, lá no começo do século XX: a ativista Ann Reeves Jarvis.

Conheça a origem do Dia das Mães nos EUA

O Dia das Mães nos Estados Unidos foi proposto pela cidadã Anna Jarvis como uma forma de celebrar a vida de sua mãe, Ann Jarvis, coordenadora de um grupo de mulheres que combatia a mortalidade infantil, dentre várias outras ações humanitárias.

A filha imaginou o feriado como uma homenagem à mulher que dedicou sua vida aos outros e uma forma de trazer mais reconhecimento ao trabalho da mãe, e a celebração ganhou popularidade em meados de 1910, quando o segundo domingo de maio se tornou feriado oficial no estado da Virgínia.

Em 1914, a data foi definida como feriado nacional e, desde então, entrou no calendário da economia, tornando-se um dos momentos de mais movimentação e lucratividade no comércio também.

Mesmo que Anna Jarvis nunca o tivesse criado com um intuito econômico – e lutasse contra isso –, o Dia das Mães virou um marco para comerciantes de flores, cartões, doces etc., e esse é só um dos fatos mais inusitados sobre a data!

6 curiosidades sobre o Dia das Mães nos EUA

Apesar de bem parecido com a celebração com a qual os brasileiros estão acostumados, o Mother’s Day tem algumas peculiaridades interessantes que o tornam ainda mais tradicional entre os norte-americanos.

Se liga nos detalhes sobre algumas delas!

1. O símbolo oficial da data é um cravo branco

Um white carnation – cravo branco, em português – marca o segundo domingo de maio nos Estados Unidos. A flor foi escolhida como símbolo do feriado pela própria Anna Jarvis, e sua cor faz referência às mães que já faleceram. Cravos coloridos, principalmente os vermelhos, são usados para honrar as mães que ainda estão vivas.

2. A economia movimenta bilhões

Há anos essa é uma das datas mais lucrativas para o comércio norte-americano, ficando atrás apenas do Natal! Segundo estimativas da Federação Nacional de Varejo dos EUA (National Retail Federation), em 2021, as vendas no Dia das Mães arrecadaram quase US$ 1,5 bilhão a mais do que arrecadaram em 2020. 

3. Quase todo mundo come fora

O setor alimentício também não fica de fora de todo o lucro: pesquisas da Associação Nacional de Restaurantes (National Restaurant Association) provam que o feriado é o mais movimentado do ano, e apontam que pelo menos uma a cada quatro pessoas sai para comer fora com a mãe.

Quem não sai, costuma pedir um takeout (comida para levar) ou um delivery (comida entregue em casa)!

4. As igrejas ficam cheias

O Mother’s Day é o terceiro feriado do ano que reúne mais público nas igrejas, ficando atrás apenas da Páscoa (Easter) e do Natal (Christmas). Inclusive, muitos norte-americanos começam esse dia com as mães nas igrejas. 

5. Os telefones tocam sem parar

“Sorry, the old Taylor can’t come to the phone right now… Why? Because she’s calling her mom!” A frase é brincadeira da internet, mas poderia ser verdade, já que diz que “Desculpe, a antiga Taylor (Swift) não pode atender o telefone agora, porque está ligando para a mãe dela!”.

O Dia das Mães nos EUA é campeão em chamadas telefônicas, ultrapassando até o Dia dos Namorados (Valentine’s Day), dentre outros motivos porque muita gente mora longe e não consegue ir presencialmente comemorar.

6. Mãe de pet também é mãe!

Além das mamães biológicas e adotivas, é uma tendência norte-americana (e talvez no mundo todo!) a data servir para quem quer homenagear as mães de animais (gatos, cachorros, periquitos, papagaios…) ou, em inglês, as “pet moms”.

Vale, né? Até porque cuidar do bichinho de estimação também pode ser uma tarefa desafiadora! Com certeza mais desafiadora do que aumentar o seu vocabulário em inglês aprendendo as frases do próximo tópico!

Vocabulário em inglês para o Dia das Mães ficar completo

Em homenagens especiais para sua mãe ou avó, você provavelmente vai precisar usar palavras em inglês relacionadas à família, como as da lista abaixo.

Family – Família
Parents – Pais
Son – Filho
Daughter – Filha
Mother/Mom – Mãe/Mamãe
Grandmother/Grandma/Granny – Avó/Vó/Vovó
Grandfather/Grandpa – Avô/Vô

E, para assinar uma declaração em forma de carta, que tal apostar 100% na fofura?

With love and hugs – Com amor e abraços
With all my heart – Com todo o meu coração
Forever grateful to you – Para sempre grato(a) por você
You mean the world to me – Você significa o mundo para mim

Por último, não vacile ao ir às compras, organizar um evento ou demonstrar sua admiração: pratique o uso de mais alguns termos!

Gift(s) – Presente(s)
Celebration – Celebração
Motherhood – Maternidade
Gratitude – Gratidão
Tenderness – Ternura
Appreciation – Valorização
Kindness – Gentileza
Dedication – Dedicação
Devotion – Devoção
Matriarch – Matriarca
Role Model – Exemplo de pessoa

No fim, independentemente de peculiaridades, o Dia das Mães é sinônimo de amor, carinho, homenagens e agradecimento, ou melhor, é todo dia!

Artigos relacionados

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui