Intercâmbio

09 de Agosto de 2018

Descubra o que evitar ao escolher o destino do intercâmbio

Descubra o que você tem que saber antes de escolher o seu intercâmbio

Muitos sonham em morar fora do Brasil, não é mesmo? E assim, optam por fazer um intercâmbio, seja para aprender um novo idioma, dar um upgrade no currículo, conseguir um trabalho ou apenas mergulhar em uma nova cultura.

O problema é que com a euforia da oportunidade de viver em outro país, algumas coisas podem passar despercebidas e gerar muita frustração e dor de cabeça. Pensando nisso, no artigo de hoje falaremos sobre o que você deve evitar na hora de escolher o destino do intercâmbio.

Após a leitura você perceberá que o planejamento com atenção pode fazer desse período o melhor da sua vida. Acompanhe!


Não considerar o clima do país
Esse é sem dúvida um dos erros mais cometidos pelos estudantes na hora de escolher o destino do intercâmbio. Não pensar no clima do país, especialmente se você ficará apenas um curto período no local, pode estragar todos os seus planos.

Algumas pessoas não suportam o frio, neve e ventos gelados no rosto, ao passo que outras detestam climas muito quentes e úmidos. Assim, é importante pesquisar o clima da estação da data da viagem, e também as médias de temperatura da cidade, para então ponderar se é a época ideal para você.


Escolher uma moradia incompatível com o seu perfil
Outro ponto importante na hora de decidir para onde ir é qual o tipo de moradia que você deseja se instalar. Talvez seja a sua primeira vez fora de casa e assim, pensar nesse tópico com cautela é fundamental.

Se você quer uma viagem em que não tenha que se preocupar tanto com regras ou se sente incomodado na casa de outra pessoa, optar por morar com outros estudantes estrangeiros ou alugar um espaço pode ser uma boa ideia. No entanto, se você quer uma imersão no modo de vida de uma família nativa, talvez o ideal seja morar com uma.


Escolher o destino do intercâmbio apenas pela beleza
Sabe aquela foto linda que você viu sobre determinada cidade? Pois então, ela pode não corresponder à realidade e às suas expectativas. Desse modo, se você escolher o destino apenas pela beleza, pode acabar se decepcionando com o local.

Enquanto algumas cidades têm um grande apelo turístico, elas podem não ser as mais indicadas para um intercâmbio. É preciso pensar naquela que satisfará as suas necessidades principais, ou seja, cumprir com a sua meta de intercâmbio. De nada adiantará você morar num lugar lindo se ele impossibilitar o alcance de seus objetivos.


Ir no momento errado
Algumas pessoas querem fazer um intercâmbio aos 16, outras aos 23 e algumas outras, aos 40. O que queremos dizer é que não existe idade certa para a escolha de morar fora do país, o importante é sentir se é o seu momento de ir ou não.

Às vezes os pais pressionam, os amigos e até mesmo o companheiro, mas quem deve decidir a hora certa é você. Se você viajar desanimado, indisposto a aprender coisas novas e vivencia uma nova cultura, ou seja, contra a sua vontade, o intercâmbio não será tão proveitoso quanto poderia ser.


Escolher o local sem levar em conta os custos
Outro ponto que merece destaque é o custo de vida do local. Afinal, se você simplesmente decidir o destino e não pensar nos valores de moradia, transporte, taxas escolares, alimentação, dentre outros, pode ficar em apuros.

O ideal é que você pesquise e converse com outros estudantes sobre como é o custo de vida de determinada cidade. Assim, você pode ver se o orçamento cabe no seu bolso ou se é preciso um pouco mais de tempo e planejamento.

A oportunidade de morar em outro país é incrível, mas para aproveitá-la ao máximo é preciso se planejar. Esperamos que esse artigo seja útil para você e lembre-se que contar com quem entende do assunto antes de decidir o seu destino do intercâmbio é sempre uma boa ideia!

Agora que já sabe o que não deve fazer antes de ir, que tal descobrir outras dicas nas nossas redes sociais?