Aprender Inglês

15 de Julho de 2019

Confira os 9 erros mais comuns na hora de aprender inglês

Confira quais são os erros mais comuns (e que você não deve cometer) na hora de aprender inglês

Aprender inglês têm sido cada vez mais fundamental no mundo globalizado e você já deve ter percebido isso, certo? Estudar inglês é importante, pois o idioma é considerado a língua universal há muito tempo e onde quer que você esteja, você com certeza vai encontrar alguém que conheça o idioma, nem que seja minimamente. 

E apesar de parecer um bicho de sete cabeças, o inglês não é tão complicado assim. Claro que existem algumas particularidades e regras gramaticais a serem aprendidas, por isso estudar inglês exige muito exercício e dedicação diária. Por isso, estamos sempre dispostos a te mostrar caminhos para te ajudar a alcançar a fluência no inglês de maneira mais tranquila. 

E, se existem caminhos a percorrer para tornar esse processo mais fácil, também existem caminhos que não podemos percorrer. A maioria das pessoas cometem erros muito comuns, inclusive. Pensando nisso, nós separamos algumas dicas com os 9 erros mais comuns ao aprender inglês que você não deve cometer quando for estudar o idioma. Vamos dar uma olhada? 


1. Estudar Inglês sem ter uma meta ou objetivo em mente

Você precisa ter bem claro em sua mente os motivos de estar aprendendo inglês e seus objetivos com a fluência no idioma. Tente sempre se questionar porque está tentando aprender a língua, quais benefícios o idioma vai trazer para sua vida, entre outras questões que podem nortear todo seu período de estudos e te ajudarão a manter o foco durante o processo. 


2. Achar que vai ser rápido e simples 

São poucas as coisas na vida que a gente consegue aprender em alguns dias ou semanas, certo? E se você acha que vai alcançar a fluência em pouquíssimo tempo, talvez você se frustre após algumas semanas. Também não estamos dizendo que você precisa passar 5 ou 6 anos estudando inglês para ser fluente. 

Sua fluência depende do quanto você exercita o idioma diariamente, a metodologia de ensino escolhida, a qualidade no contato diário que mantém com o idioma e o quão imerso você está no inglês. Aqui na Topway oferecemos uma metodologia imersiva, onde os alunos interagem somente em inglês desde o primeiro dia de aula. Nosso método também prevê contatos diários com a língua através de um aplicativo moderno, gamificado e muito eficaz no aprendizado da língua inglesa, tudo isso para te ajudar a atingir a fluência no inglês.


3. Não se organizar 

Aprender inglês ou qualquer outro idioma, exige organização e disciplina. E é você que precisa cobrar de você mesmo esses dois aspectos todos os dias. Defina uma rotina de estudos e separe horários específicos durante o dia em que você sabe que irá se dedicar única e exclusivamente a realização dos exercícios que te ajudarão a progredir no aprendizado do idioma. 

Isso pode acontecer enquanto você está no ônibus indo para o trabalho ou voltando da aula, em seu horário de almoço ou até mesmo enquanto aguarda sua consulta no médico ou sua vez de ser atendido no banco. Não importa onde, você só precisa exercitar e não deixar o seu contato com o inglês de lado.

4. Esperar muito tempo para começar a falar e ter medo de errar 

Assim como qualquer outra habilidade que exercitamos, para falar inglês você precisa tentar, correr riscos, falar, falar, e falar muito, certo? Você só vai aprender a falar, falando. Você pode ler mil livros, mil dicas e teorias e mesmo assim não ser fluente no idioma, porque você só irá dominar as habilidades da fala quando praticar. 

E não pode deixar a vergonha ou o medo de errar ser maior do que sua vontade de aprender. Tenha em mente que todo mundo erra, literalmente ninguém nasce sabendo e nós aprendemos com nossos erros! Vale a pena retomar: só aprendemos a falar, falando… e errando!

Além disso, evite estudar sozinho. Convide seus amigos para exercitar com você. Assim você pode treinar sua fala e ao mesmo tempo sua escuta. 


5. Aprender inglês pensando em ‘prazo’ 

Estabelecer um prazo para aprender inglês é um erro gravíssimo que pode condenar todo o seu aprendizado. Pressão não faz bem para ninguém, né? Principalmente quando estamos aprendendo algo novo. E tente não comparar ‘velocidades de aprendizado’. 

Cada pessoa tem um tempo e funciona de um jeito. Talvez seu amigo tenha aprendido o idioma em 10 meses, mas você precise de um pouco mais de tempo. E não tem nada de errado nisso. Respeite o seu limite e o seu tempo!

6. Pensar em português

‘Mas por que pensar no meu idioma pode ser um erro? Como assim “pensar em inglês”?'. Pode parecer engraçado a ideia de ‘pensar em inglês’ mas essa é uma parte fundamental quando estamos aprendendo o idioma. Quando estamos treinando o inglês e buscamos traduções de palavras ou expressões no português, nosso cérebro se acomoda às expressões e não faz o exercício de pensar na língua inglesa. 

E mais, algumas frases e expressões do inglês, quando traduzidas para o português, não fazem sentido nenhum! Portanto a tradução mais atrapalha do que ajuda, salvo casos específicos, claro. 

Tente não usar tradução enquanto exercita o idioma. Reflita sobre o que você acha que aquilo quer dizer dentro de determinado contexto e só depois (se necessário) busque o significado de palavras, o contexto é sempre mais relevante do que a tradução de palavras, pois não precisamos entender palavrinha por palavrinha para entendermos a ideia geral sendo passada, né?. 

Além disso, reflita sobre o que você está fazendo durante o dia e tente montar frases em inglês como se estivesse contando para alguém sobre suas tarefas, mesmo que você não as diga a ninguém, esse exercício é uma ótima maneira de memorizar vocabulário e exercitar a língua diariamente, o tempo todo! 

7. Culpar o método, o vizinho, o cachorro, seu livro, o sol, as estrelas 

Infelizmente (ou felizmente), o seu aprendizado depende só de você. O método, o professor, seus livros ou quaisquer outras ferramentas usadas durante o processo são partes importantes, é claro. E eles podem ser perfeitos, mas se você não estiver disposto a se dedicar e se esforçar, você não vai aprender e nem alcançar a fluência no idioma. Você precisa levar seus exercícios para fora da sala de aula, estar disponível para os estudos e ter responsabilidade com você e até mesmo com seu tempo. 

8. Desistir 

Esse é um dos maiores erros que você pode cometer quando está aprendendo inglês. Aprender um novo idioma precisa de persistência. É ela que te faz alcançar suas metas e objetivos. Se o método não está funcionando para você, converse com seus professores, busque ajuda de profissionais experientes e veja qual a melhor opção para você. 

Tente optar por conteúdos e ferramentas que você realmente goste, como filmes, séries e músicas. Pense no motivo que fez você começar a estudar esse idioma. E não desista, porque vai valer a pena! 

9. Achar que um dia seus estudos acabam 

Como muitas coisas na vida, o aprendizado em uma língua estrangeira não é algo que acaba depois de alguns meses ou anos. Aprender inglês é um processo que não tem fim. Você pode até se tornar um professor um dia e mesmo assim você estará em constante crescimento, aprendizado e aperfeiçoamento. 

E aí, o que achou das nossas dicas? Conta pra gente nos comentários!