Aprender Inglês

16 de Março de 2022

Como falar inglês fluente em 1 ano

Hoje em dia falar inglês fluente é um grande diferencial. Por mais que dizer isso pareça ‘chover no molhado’, muita gente ainda perde oportunidades valiosas de trabalho por não serem fluentes no idioma.

Falar de fluência é algo bem complicado e particular, pois depende de cada pessoa. Depende muito da dedicação de cada um, do tempo de exposição ao idioma, da motivação do aprendiz, da constância no estudo, assiduidade e outras coisas. 

Outro ponto que deve ser levado em consideração também é o que cada um considera 'fluência'. Como a questão aqui é tempo (ou a falta dele) e o seu objetivo é alcançar a fluência na língua inglesa em um ano, temos algumas dicas para você.

Preparado para conhecer as nossas dicas?

  1. Faça uma imersão no idioma

Quando você viaja para um país onde a língua oficial é o inglês, você fica completamente imerso no idioma. Se você decidir ver televisão, escutar rádio, ir ao supermercado, à farmácia ou ao médico, vai ter que se virar e fazer tudo isso em inglês.

E é justamente isso que faz seu aprendizado ser tão significativo e rápido, pois você tem que virar para entender o que está acontecendo ao seu redor e também para conseguir comunicar o que você precisa naquele contexto específico.

Dessa forma, ao vivenciar o idioma de forma natural, seu aprendizado não fica restrito à sala de aula, ele passa a ser essencial para sua sobrevivência e, portanto, muito mais palpável e memorável.  

  1. Estude ao redor do mundo

Não é preciso apenas viajar para turismo para conseguir a fluência. Existem excelentes escolas de inglês ao redor do mundo que contam com metodologias modernas e professores preparados para ajudar estudantes estrangeiros a adquirirem a fluência.

Além do mais, quando o intercâmbio é de estudo, você pode se hospedar em uma casa de família ou ficar em acomodação estudantil, o que normalmente é bem mais em conta do que ficar em hostel ou alugar um Airbnb. 

Por isso, a opção em fazer um intercâmbio cultural traz ganhos muito mais do que apenas fluência no inglês. 

  1. Aproveite oportunidades de trabalho e estudo fora do Brasil

Claro que a gente sabe que o orçamento hoje em dia anda bem apertado, mas alguns destinos permitem que intercambistas estudem e trabalhem.

Dessa forma, dá para fazer uma graninha boa enquanto adquire fluência na língua e ainda conhece uma cultura nova. 

Caso você decida por esse tipo de intercâmbio, é interessante que você se dedique ao inglês de forma intensiva antes de viajar e também que estude a profissão que vai desempenhar lá.

Dessa forma, você já chega no seu destino sabendo o que vai fazer, o que é esperado de você e como comunicar algumas ideias naquele contexto específico. 

  1. Desenvolva habilidades que vão além do idioma

Você vai agregar à sua bagagem mais independência, maior capacidade de adaptação a situações adversas, melhor habilidades de comunicação, vai lidar com momentos de pressão e dificuldade de forma mais tranquila e vai amadurecer muito, muito mesmo.

Essas habilidades podem ser feitas na sua casa, sem sair do lugar. Um exemplo é escutar músicas em inglês e tentar anotar as palavras que você entendeu, conferindo-as depois no dicionário.

Você também pode fazer a mesma coisa com séries e filmes sem legenda. Além do idioma em si, você consegue aprender gírias e expressões, inclusive expressões faciais.

Com a facilidade da internet, também é possível cozinhar com receitas de sites estrangeiros. Você vai aprender muitas palavras e verbos relacionados a esse universo.

  1. Estabeleça metas 

Para ficar fluente, é preciso que você seja realista. Querer fazer acontecer em apenas um ano já é uma meta em si. Mas que tal se propor a estudar (ou ouvir música e assistir filmes) todo dia, por pelo menos uma hora?

Isso, ao final do mês dá 30 horas de estudo. E isso é muito. Dedique-se inclusive aos finais de semana. Isso acelerará seu processo de fluência.

Outros exemplos de metas são: combinar de conversar uma vez por semana, pela internet, com algum amigo estrangeiro e que possa ajudar você a treinar a conversação.

  1. Pense em inglês

Toda vez que você estiver meditando ou pensando sobre qualquer assunto, tente fazer isso em inglês. Às vezes, nem notamos, mas sempre que estamos pensando sobre algum assunto, tendemos a fazer no nosso idioma de origem.

Fique consciente e se esforce para tentar elaborar seus pensamentos do dia a dia em inglês. Isso é um baita exercício para complementar a sua quantidade de estudos estabelecidas. Quanto mais, melhor!

E aí, gostou das nossas dicas? E lembre-se: se precisar de alguma ajuda para acelerar esse processo, conheça nossas escolas de inglês que podem dar aquele gás rumo ao seu objetivo.

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia. Para saber mais acesse aqui