Empreendedorismo

06 de Fevereiro de 2020

Como escolher a franquia ideal para você

Saiba como escolher a franquia ideal para investir e diminuir os riscos de se decepcionar

O segmento de Franchising no Brasil têm crescido ano após ano, mostrando seu potencial no universo do empreendedorismo. 

Mas, apesar do crescimento e segurança que as franquias têm oferecido, existem alguns riscos e problemas que todos estão sujeitos a enfrentar. E para que o risco de investir em um negócio que não esteja alinhado com suas expectativas diminua consideravelmente, é necessário ter alguns cuidados na hora de escolher uma franquia para investir. 

Mas, como escolher a franquia ideal? Nós trouxemos aqui algumas dicas para te ajudar a chegar nesse objetivo. Confira: 

1) Análise pessoal 

O primeiro passo para escolher a franquia ideal é fazer uma análise pessoal. É preciso avaliar os negócios e buscar por setores e segmentos que combinem com o seu perfil enquanto franqueado, empreendedor e pessoa. 

Avalie de acordo com suas experiências anteriores e suas habilidades. Entender qual é o tipo de franquia que combina com você é o primeiro passo para fazer o investimento correto. 
 
Além disso, é de extrema importância que o empreendedor entenda seu perfil enquanto líder. Sendo assim, reflita se você é organizado e se tem facilidade para liderar equipes. Essas características são fundamentais para ter sucesso em uma franquia, independente do setor/segmento escolhido. 

2) Avalie o segmento 

Avalie o segmento e tente encontrar aquele que você tenha mais afinidade. Quando se escolhe uma franquia, também estamos escolhendo uma área/ramo para trabalhar. Por isso, é importante saber com quais segmentos você tem mais afinidade e a partir disso buscar informações sobre franquias. 

Uma boa dica é fazer uma pesquisa bem densa dos segmentos, verificar faturamento, conversar com franqueados e franqueadores, visitar franquias e conhecer de perto o funcionamento de cada um. Assim, você consegue tirar dúvidas sobre o negócio antes mesmo de escolher uma franquia para investir. 

3) Pesquise as franquias

Escolhido o segmento, agora você precisa pesquisar as franquias do ramo. Dependendo do segmento, você vai encontrar centenas de franquias atraentes. Por isso, é preciso estabelecer alguns critérios e pesquisar o máximo de franquias que puder antes de escolher uma para investir. 

Pesquise os valores de investimento, tempo de dedicação exclusiva, tempo de retorno do investimento e faça comparações. Também avalie cada franquia separadamente a partir de critérios que você mesmo estabeleceu, afinal, você é quem está pensando em investir. 
 
4) Planeje os investimentos

Planejar o investimento é um passo fundamental para qualquer tipo de negócio, não apenas para o universo do Franchising. É preciso ter noção do capital e saber se ele é o suficiente para abrir e manter um negócio. Se não for, de repente ainda não é o momento de investir. Faça essa análise e sinta-se seguro financeiramente antes de tomar uma decisão. 

5) Faça análise de lucratividade

Além de saber qual o seu potencial de investimento, também faça uma análise de lucratividade da franquia. Você precisa saber quais as opções de rentabilidade e se ela vale mais a pena do que outros investimentos disponíveis no mercado atual. 

Compare o seu investimento com a taxa de lucros da franquia e conclua se ela vale a pena (financeiramente) ou não. 

6) Avalie o franqueador e o suporte oferecido

Um dos melhores benefícios de investir em uma franquia é contar com a experiência do franqueador/franqueadora e com o suporte oferecido. Mas, às vezes, essa experiência não é tão expressiva e o suporte não consegue atender todas as franquias de maneira satisfatória. 

O franqueador deve lhe passar segurança e você deve sentir que ele realmente conhece o segmento e o mercado. Por isso, é importante fazer uma análise dessa experiência e do suporte. Peça para fazer reuniões, tire dúvidas, peça relatórios e tudo o que for possível para ter certeza de que essa é a franquia ideal para investir. 

7) Analise o mercado

Além de conhecer seu perfil enquanto empreendedor e conhecer o segmento e a franquia, você também precisa analisar as oportunidades do mercado. Você precisa ter certeza de que as franquias têm lucrado, de que o segmento está crescendo e de que mesmo em momentos de crises o setor consegue se manter em pé. Isso é fundamental para que você não entre em uma furada e não invista em algo que pode acabar fechando em um ano ou dois.  
 
8) Troque experiências 

Encontre outros franqueados da rede que você está interessado e busque informações sobre rentabilidade e lucratividade do negócio, se o suporte oferecido é válido, se a franqueadora cumpre com aquilo que promete, se as expectativas são atendidas, entre outras coisas. 
Também é interessante conversar com ex-franqueados para entender os motivos que os levaram a não estar mais na rede. Essa troca é fundamental para que você tenha certeza do investimento. 

9) Não tome decisões por impulso 

Quando se trata de investimento, é preciso avaliar todos os detalhes com muita calma e cuidado antes de tomar uma decisão. Por isso, não tenha pressa e nem tome uma decisão de primeira. Confira diferentes franquias, tire dúvidas, entenda quais são as que mais se aproximam dos seus critérios de avaliação e só quando tiver certeza tome uma decisão. 

10) Procure ajuda  

Se for se sentir mais seguro, procure a ajuda de especialistas em franquias e investimento. Isso é válido principalmente se você não tem experiência com dados financeiros e não entende muito bem do universo do empreendedorismo. Se esse for o seu caso, quando tiver um profissional ao seu lado, com certeza irá escolher uma franquia ideal e irá se sentir mais seguro em relação ao investimento. 

E aí, o que você achou deste conteúdo? Aqui no blog da TopWay na editoria de Empreendedorismo você encontra outros conteúdos como esse.