Dicas

29 de Junho de 2018

Como aproveitar aplicativos para aprender inglês?

Aplicativos facilitam a aprendizagem de um novo idioma

Não é segredo que aprender um novo idioma pode não ser uma tarefa tão difícil. Mas é necessário treino, dedicação e muita paciência se você quiser, de fato, atingir bons níveis de conhecimento. Para facilitar esse treinamento podemos aproveitar as potencialidades que os smartphones nos proporcionam, como os aplicativos que auxiliam o aprendizado do inglês, por exemplo.  

Essas ferramentas podem ser grandes aliadas no ensino de uma nova língua, seja ela qual for. No entanto, vale ressaltar que os aplicativos devem ser utilizados como complementos do seu estudo, e não como substitutos dos cursos.

Entenda como os aplicativos podem te ajudar a aprender inglês e saiba como utilizá-los para potencializar seus estudos:

Afinal, de que maneira os aplicativos ajudam no aprendizado do inglês?
Antes de mais nada, é importante compreender que a aprendizagem do inglês é dividida, basicamente, nas seguintes habilidades:

Writing (escrita);
Reading (leitura);
Listening (compreensão oral);
Speaking (conversação).

Os aplicativos visam melhorar justamente essas habilidades com base em diferentes funcionalidades e metodologias de ensino. Além disso, o enriquecimento do vocabulário é outro benefício muito evidente na utilização dessas ferramentas. 

A seguir, explicaremos como você pode aproveitar os aplicativos para aprender inglês e desenvolver cada uma dessas habilidades. Acompanhe! 

Writing
Vamos começar, então, pelo writing, a escrita do idioma. Saiba que existem aplicativos específicos para o desenvolvimento dessa habilidade, e que muitos deles possuem recursos de gamificação que ajudam a tornar o aprendizado mais divertido

De uma forma geral, a metodologia de ensino se baseia em exercícios de memorização, compostos por palavras, textos e imagens. Por exemplo: o aplicativo pode fornecer frases em inglês para você ouvir quantas vezes forem necessárias. A partir daí, será preciso escrevê-las corretamente, palavra por palavra, respeitando, inclusive, as regras gramaticais. 

Ao acertar um número mínimo de questões, você passa para a próxima fase, e os erros serão apresentados para que você não os repita. Normalmente, as fases são separadas em módulos que trabalham um grupo específico de palavras que serão repetidas em contextos distintos. Essa repetição gera o aprendizado. 

Reading
Uma das maiores dificuldades dos estudantes está relacionada à pronúncia dos vocábulos. Esse fator interfere diretamente na leitura (reading) do idioma que acaba, por sua vez, afetando a compreensão do assunto.

Em razão disso, há uma série de aplicativos que auxiliam justamente nessa questão. Exemplo: o software disponibiliza um termo com um áudio de referência e "pede" para que você o pronuncie utilizando um recurso de gravador. Quando a pronúncia for aceitável, o "desafio" será concluído. 

Melhorando a pronúncia das palavras, a leitura naturalmente fluirá com maior facilidade. Outro exemplo são os exercícios de interpretação, que garantem o entendimento contextual do que foi lido. O mais legal é que os textos propostos geralmente são apresentados de acordo com seu nível de inglês. 

Listening
Para aqueles que esbarram na compreensão oral (listening), nada melhor do que se aproveitar dos aplicativos para aperfeiçoar essa capacidade.

Imagine um diálogo de uma série de TV no qual você pudesse ouvir em uma velocidade de reprodução mais compreensível. Esse recurso permite que seu cérebro separe e reconheça as palavras das sentenças.

Outra dica é ouvir os áudios primeiramente em sua forma original, para depois diminuir o ritmo. Feito isso, escute o diálogo novamente e perceba a diferença no seu entendimento. 

Speaking
A principal reclamação dos estudantes de um idioma que não estudam em um curso voltado para a comunição, como a TopWay, é a falta de oportunidade para praticá-lo. A conversação (speaking) realmente pode se tornar um problema, mas que pode ser minimizado de certa forma com a ajuda de aplicativos. Como isso pode ser feito?

Através de comunidades de estudantes espalhadas por todo o mundo! Os aplicativos que disponibilizam essa função são interessantíssimos, pois permitem que os usuários interajam entre si, dialogando foneticamente ou por chat. Muito legal, não é?  

Por fim, vale repetir que os aplicativos para aprender inglês não são suficientes para dominar o idioma. Considere essas ferramentas como um complemento para os estudos, conforme mencionamos no início do artigo.


Algumas dicas de aplicativos:

Taboo for English Learners 

Conversação Prática em Inglês

BBC Learning English 

TED  (você pode assistir a palestras sobre temas do seu interesse com legenda em inglês).

E então, o que você achou do nosso conteúdo? Tem alguma experiência com o uso desses aplicativos para aprender inglês? Conte para a gente nas redes sociais!