Aprender Inglês

09 de Março de 2018

Aprender inglês em 18 meses: é possível?

Conheça as principais vantagens de um curso intensivo de inglês e descubra como você pode aprender o idioma de forma rápida e com qualidade.

Você precisa aprender inglês para conseguir aquela tão sonhada vaga no mercado de trabalho? Apareceu uma oportunidade de intercâmbio e você não quer viajar sem saber nada de inglês? Precisa aprender rápido para não perder mais nenhuma dessas chances? Já imaginou aprender inglês em 18 meses?

Alguns métodos possibilitam que o inglês seja adquirido em um tempo menor que os utilizados nas escolas tradicionais. É importante ressaltar que isso não quer dizer que níveis de aprendizado em inglês são ignorados ou que o ritmo do aluno não será respeitado, muito pelo contrário.

Neste post, vamos apontar as principais vantagens de um curso intensivo de inglês. Continue a leitura e descubra como você pode aprender o idioma de forma rápida e com qualidade.

 

Com dedicação e compromisso, sim!


Você pode procurar pela escola mais cara do país ou a mais bem conceituada do mundo, mas se não se dedicar e tiver compromisso com os seus estudos não há como garantir que o aprendizado se conclua em 18 meses e nem mesmo depois de anos e anos de cursos.

É claro que o método da escola também vai interferir nos resultados. Para que um aprendizado intensivo seja positivo, as metodologias como o EFL (English as a Foreign Language), que são focados na gramática, não terão o mesmo retorno de cursos ESL (English as a second language), em que a meta é aprender pelo uso, ou seja, na comunicação.

Alguns cursos oferecem maneiras de manter o contato com a língua dentro e fora da escola, mas você também pode buscar outras formas de aprimorar os seus estudos, como assistir séries e filmes legendados, por exemplo. Para entendermos melhor como é possível aprender inglês em 18 meses, vejamos as principais vantagens de fazer esse modelo de curso:

 

1. Maior contato com a língua


Existem algumas possibilidades de aprender o idioma com um método que preza pelo uso da língua. Nesse método, todos falam em inglês e até mesmo as pessoas que têm medo de errar acabam perdendo esse temor e desenvolvem com as falhas, o que aumenta as chances de aprender em pouco tempo.

Quando você tem a oportunidade de ter contato com a língua inglesa desde o seu primeiro atendimento, antes mesmo da matrícula, você começa a abrir espaços em sua mente para um novo aprendizado, neste caso, o de uma nova língua.

 

2. Processos constantes de avaliação


Os alunos precisam ficar em turmas que realmente agreguem valor e colaborem com o desenvolvimento deles. Portanto, respeitar o ritmo de cada aluno ainda deve ser uma das prioridades de um curso de inglês, pois ninguém aprende com a mesma agilidade e, por isso, profissionais capacitados são tão essenciais.

O papel desses profissionais é de equilibrar a turma, fazendo com que todos participem. Já que estamos falando de conversação, pode acontecer de ter na turma um ou outro estudante que seja mais desenvolto e fale mais, não que o professor deva impedi-lo, mas é preciso que os outros também conversem e se arrisquem.

 

3. Métodos de imersão sem sair do país


Aprender uma língua da mesma maneira que aprendemos a nossa materna deve ser o foco de um curso ESL. Assim, a comunicação é o ponto de partida do aprendizado, ou seja, o uso da língua no dia a dia do aluno. A gente não nasce aprendendo gramática para depois aprender a falar, não é mesmo?

Você deve ter percebido que aprender inglês em 18 meses não é uma lenda urbana! Ter contato com o idioma no seu dia a dia é um passo importante para você conquistar a fluência e aproveitar as oportunidades que batem todos os dias à sua porta. Quando há uma harmonia entre o curso e o aluno, o resultado tende a ser o melhor possível.

 

Quer saber como a Topway pode ajudar você a aprender inglês? Entre em contato com a gente.