Aprender inglês: 5 coisas que vão mudar na sua vida

Por TopWay English School

Num mundo globalizado, poder comunicar-se é uma premissa tão básica quanto respirar.

Por TopWay English School

15/12/2016

CulturaTopWay English School

inglês foi escolhido para ser a língua da comunicação entre nações, corporações, universidades e indivíduos; e a razão é muito simples: é fácil falar inglês.

Imagine uma ilha completamente cheia de riquezas e coisas legais de todo tipo. Imagine esta ilha sem nenhum tipo de porto, aeroporto, ponte, estrada, enfim, nada que a ligue com o mundo exterior.

Vivemos em um mundo em que universitários têm cada vez mais acesso à informação e cada vez mais são capazes de produzir conhecimento e inovações. A cada dia, startups surgem com ideias completamente disruptivas, criando novos conceitos, novos produtos, novas formas de pensamento.

Ao mesmo tempo, se toda esta riqueza não puder atingir o mundo todo, ficaremos como a ilha da analogia acima, isolada. Fora isto, há ainda alguns benefícios a serem pesados quando o assunto é o domínio do idioma inglês:

Os melhores empregos lhe aguardam: em pesquisa divulgada em Abril/2016 pela empresa Catho, os salários de pessoas fluentes em inglês chega a ser 61% mais alto do que seus equivalentes monolíngues. As razões são muitas, mas podemos dizer que quem fala inglês acaba sendo mais interessante porque tem capacidade cognitiva mais aguçada, tem sempre a possibilidade de oferecer um serviço a mais, mesmo que exerça uma função que não exija inglês diretamente (como atendentes de hotel, operadores de turismo...). Quer decolar na carreira? Aprenda inglês!

Assistir filmes e séries ganhará uma outra dimensão: há expressões e jargões que são impossíveis de serem traduzidos para o português. Por isso, legendas e dublagens são sempre limitadas e não conseguem transmitir a real ideia que roteiristas e escritores pretendiam passar. Por esse motivo, assistir a filmes e séries no idioma original é uma experiência muito mais rica e extremamente gratificante.

Ouvir músicas será uma experiência diferente: sabe aquela música que todos cantam porque gostam da batida, da harmonia, mas cuja letra não diz muita coisa? Sabe aquela outra, linda e de harmonia inspiradora? Durante o processo de aprendizado você descobre novos "horizontes" e ganha entendimento a respeito de muitas coisas, é como se um mundo novo se descortinasse. As mesmas músicas que a gente ouvia antes ganham uma roupagem completamente diferente. É como descobrir de novo uma coisa que já se conhecia. Fantástico!

Seu círculo de amizades vai aumentar – e muito!: com o advento das redes sociais, conhecer pessoas do mundo todo tornou-se uma possibilidade real – mas melhor aproveitada apenas por quem fala inglês. A moça de Brasília que conheceu o marido finlandês enquanto viajava pela Grécia (vídeo abaixo). O rapaz de Piracicaba que conheceu a amiga tailandesa num hostel em Praga. O universitário que conseguiu contatos em Dublin, está lá fazendo mestrado e mochilando pelo mundo com amigos de várias nacionalidades. Como tudo isto se tornou possível? Qual foi o elo inicial de ligação entre essas pessoas? A comunicação – e comunicação em inglês.



Sua autoestima vai melhorar: viver todas estas experiências, ter todas estas possibilidades, ver o mundo se abrindo diante dos próprios olhos faz com que a gente se enxergue de uma maneira diferente, mais positiva, mais confiante – e o mundo nos vê assim também. É isto que saber inglês faz com a gente, no final das contas. A pessoa que a gente vê no espelho, no final do dia, não é mais a mesma que a gente via quando éramos apenas monolíngues.

Receba nosso conteúdo em primeira mão, acompanhe nossa news!