Aprender Inglês

07 de Setembro de 2020

A importância do inglês para ter um futuro melhor

Aprender inglês pode garantir melhores oportunidades no futuro. Saiba mais:

Você já deve ter percebido que o inglês é uma língua universal, adotado por pessoas de todas as partes do mundo. Não importa a sua região, você provavelmente já deve ter tido contato com a língua inglesa (mesmo sem saber), seja em anúncios, na internet ou ouvindo um diálogo entre outras pessoas. 

Inclusive, uma prova da influência do inglês  no mundo está no fato de que nós brasileiros mantemos algumas palavras da língua inglesa em nosso vocabulário, mesmo longe de nativos e de países que tenham o inglês como primeira língua. Alguns exemplos são as palavras: drink, fitness, shopping center, outdoor, delivery e tantas outras. 

Mas, o que talvez você não saiba é que o inglês pode ser um parceiro na busca por um futuro melhor. E é sobre isso que nós viemos falar com você hoje. 

Por ter se tornado um idioma universal no mundo globalizado, saber inglês garante que você esteja mais perto de grandes oportunidades e possa viver aventuras ao redor do mundo sem se sentir prejudicado por fronteiras na comunicação. Vamos ver alguns aspectos da vida em que o inglês é fundamental: 

O mercado de trabalho e o inglês 

Quando se fala em inglês e no futuro, um dos aspectos em que a língua mais influencia é na vida profissional de uma pessoa. No mundo globalizado, o inglês se tornou mais do que um diferencial, mas um pré-requisito para muitos cargos e carreiras. E isso faz com que, dependendo da vaga, os empregadores utilizem o inglês como algo básico no currículo de um candidato. 

Além de ser um requisito na busca de um novo emprego ou carreira, o inglês também traz a chance de melhores salários. Segundo uma pesquisa salarial do site de classificados de emprego Catho, uma pessoa fluente em inglês tem chances de receber um salário 68% maior do que o das pessoas que não tem conhecimento da língua. 

Sendo assim, se você se preocupa com seu futuro no mercado de trabalho, investir no inglês pode ser uma ótima alternativa, além de ser um sinônimo de segurança para a sua carreira. 


O inglês na educação 

Mas, não é só no mercado de trabalho que o inglês garante benefícios não, viu? No meio universitário, o inglês também abre muitas portas e amplia possibilidades. 

Você provavelmente já sabe que o ensino superior exige bastante de um estudante. São diversas disciplinas, eventos, trabalhos, provas, pesquisas e, independente da área do curso que você escolheu (seja de humanas, exatas ou biológicas), serão horas e horas de estudo para receber o tão sonhado diploma. 

E, para chegar lá, é provável que você encontre muitos conteúdos e artigos produzidos na língua inglesa sem uma tradução correta para o português. Mas, caso você domine a língua, não se sentirá prejudicado, pois terá acesso aos materiais necessários para sua área. Isso também será essencial caso você decida seguir carreira acadêmica. 

Além disso, sabendo inglês, você terá um diferencial na disputa por bolsas de estudo, e poderá inclusive se aventurar em projetos fora do país através de parcerias entre as Universidades brasileiras e Universidades espalhadas por todo o mundo

Um cuidado com a saúde 

Para além de uma preocupação acadêmica e profissional, o futuro também tem a ver com a sua saúde, e nisso o inglês também pode ajudar. 

Sim, isso mesmo! Aprender inglês pode acabar se tornando um ótimo investimento na sua saúde a longo prazo. Isso porque, segundo alguns pesquisadores americanos, aprender um segundo idioma como o inglês, por exemplo, pode aumentar o poder do seu cérebro, alterando a forma como seu sistema nervoso reage ao som e trazendo ótimos benefícios para sua audição. 

Mas os benefícios não se resumem apenas à audição. Aprender inglês também garante que você tenha sua memória fortalecida, seja mais criativo e facilita na tomada de decisões, além de garantir mais chances de envelhecer com saúde. Segundo uma pesquisa desenvolvida na Universidade de York, no Canadá, pessoas bilíngues com tendência a desenvolver o mal de Alzheimer demoraram entre 4 e 5 anos para apresentar os sintomas da doença quando comparadas às pessoas que falam apenas um idioma.  



Em resumo, como pudemos ver ao longo do texto, aprender inglês é fazer um investimento a longo prazo, aumentando as chances de ter um futuro melhor. 


Esperamos que você tenha gostado desse conteúdo. Se quiser saber mais sobre o aprendizado da língua inglesa, você pode conferir outros conteúdos como esse aqui no blog da TopWay. Aproveite e até mais! =) 
 

Nós utilizamos cookies e outras tecnologias similares para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com o uso dessa tecnologia.