Músicas

27 de Março de 2020

8 músicas em inglês que você cantava errado

Confira algumas músicas em inglês que talvez você cantasse errado

Com certeza, uma das coisas mais gostosas de aprender inglês é parar de cantar as músicas errado. Aprender a pronúncia, cantar sem vergonha e entender o que a letra realmente quer dizer! 

E você sabia que um dos ‘atalhos’ mais divertidos para aprender inglês é utilizando músicas como ferramenta de aprendizado? Mas, esse não é foco desse conteúdo. Hoje nós vamos ver algumas músicas em inglês que muitas pessoas cantavam errado (e talvez até você também).

1) Como é o caso da música Otherside, da banda Red Hot Chilli Peppers 

No início da música, o Anthony Kiedis canta ‘How long, how long…’ no sentido de ‘quanto tempo’ ou ‘por quanto tempo…’ mas muitas pessoas entendem ‘hello, hello…’. Mas, não, infelizmente ele não está dando um oizinho. E se você cantava errado, pode ficar tranquilo, muita gente se confunde nessa. 


 

2) E na música Call Me Maybe, da Carly Rae Jepsen, você também se confunde?

Lançada em 2012, o refrão da música diz ‘Hey, I just met you. And this is crazy. But here's my number, so call me, maybe’ e algumas pessoas entendem ‘...so call me, baby’. Mas, não, a Carly não está dizendo ‘Então, me ligue, baby’ e sim ‘Me ligue, talvez’. 


3) I’m a believer - The Monkees 

Se você achava que a letra dizia que o cantor viu o rosto da moça e decidiu dar o fora, você faz parte das pessoas que ouviam a música errado. A letra diz ‘And then I saw her face, now I’m a believer’, ‘Então eu vi seu rosto, e agora eu acredito’ e não ‘And then i saw her face, now im gonna leave her’, algo como ‘E eu vi o rosto dela e decidi deixá-la’. 




4) Titanium - David Guetta ft. Sia 

A parceria entre o DJ David Guetta e a cantora Sia também confundiu algumas pessoas. Em Titanium, Sia canta ‘I’m bulletproof, nothing to lose, fire away, fire away’/Eu sou a prova de balas, nada a perder. Atire, atire’. Onde a letra diz ‘fire away’, algumas pessoas entendiam ‘fly away, fly away’, algo próximo à ‘voe para longe’. 



5) Queen também deixou alguns fãs confusos por aí

Em We will rock you, um dos maiores sucessos da banda, algumas pessoas escutavam, ‘Kicking your cat all over place’/Chutando seu gato por todo lugar’ mas na verdade Freddie Mercury canta ‘Kicking your can all over the place’/’Chutando sua lata por todo lugar’. Ainda bem que o Freddie não era um chutador de gatos, né? Inclusive o cantor era o maior fã dos bichinhos, tá tudo bem. 



6) Um outro sucesso da banda Queen que levou os fãs ao ‘erro’ foi o hit ‘I want to break free…’

 

Algumas pessoas entendiam ‘I want to be free’/Eu quero ser livre’. A diferença entre break e be, nesse caso, não muda o sentido total da frase. Break, na tradução literal seria ‘quebrar’, mas nesse caso, o que ele quer é ser livre. E o uso de ‘break free’ é como uma expressão idiomática. Não quer dizer ‘literalmente’ o que está dizendo. 





7) E o primeiro sucesso da cantora Lorde, Royals, também confundiu você?

 

No refrão da música, a cantora diz ‘you can call me Queen Bee…’, que nesse caso significa ‘você pode me chamar de abelha rainha’. Alguns fãs ouviam duas coisas diferentes: ‘you can call me green bean’/’você pode me chamar de feijão verde’, o que não tem sentido nenhum, né? Outros entendiam ‘Queen B’, mas esse é o apelido da Beyoncé, que não tem nada a ver com a Lorde nem com a música. 



8) Alguns fãs da música Cool Kids, da banda estadunidense Echosmith...

 

... Também cometiam um pequeno erro ao cantar o refrão. Na música, a cantora canta ‘I wish that I could be like the cool kids’ algo como ‘Eu queria ser como as crianças/adolescentes descolados’ e algumas pessoas escutavam ‘I wish that I could be like cookies’/Eu queria ser como um biscoito’, o que não tem sentido algum nessa letra. Engraçado, né? 



E um bônus para você, brasileiro, que ouvia a música My humps da banda The Black Eyed Peas, ‘My hump, my hump, my hump...’ (algo próximo à ‘meu rebolado’ ou ‘minhas curvas’) e cantava ‘marrom, marrom, marrom…’. Isso porque você cantava (ou ainda canta) as músicas em inglês com enrolations, né? Tudo bem, todo mundo já fez isso um dia. O que importa é aprender com os erros.

 

E quem sabe usar os erros nas músicas para aprender inglês, hein? Conta pra gente o que você aqui nos comentários!