Intercâmbio

13 de Novembro de 2019

8 dúvidas mais frequentes sobre intercâmbio

Tire suas principais dúvidas sobre o período de intercâmbio

Fazer intercâmbio é uma coisa maravilhosa para aprender inglês! Você vive experiências inesquecíveis e aprende coisas incríveis. Além disso, o intercâmbio pode te ajudar e muito no mercado de trabalho. 

Mas, esse assunto sempre deixa a cabeça dos futuros intercambistas com muitas dúvidas. Para minimizar esses questionamentos, hoje nós separamos algumas respostas para as dúvidas mais frequentes sobre intercâmbio. Confira:  

1) Qualquer pessoa pode fazer intercâmbio? Existe uma idade ideal? 

Literalmente, qualquer pessoa pode fazer intercâmbio! Aliás, existem modelos de intercâmbio que atendem todos os tipos de pessoa. Eles são voltados para estudantes, profissionais formados, pessoas que têm interesse em aprender um novo idioma, para quem quer fazer atividades culturais, entre outros. 

Também não existe uma idade ideal para embarcar nessa aventura. Tudo depende do seu nível de maturidade para sair de seu país de origem, deixar sua família e se inserir em um lugar com uma cultura e hábitos muitas vezes completamente diferentes dos seus. 

Geralmente os programas intercâmbio são voltados para pessoas acima de 16 anos, inclusive idosos. No geral, para fazer intercâmbio só basta ter coragem e maturidade! 

2) Qual o melhor destino para fazer um intercâmbio (para aprender inglês)? 

Não existe um o melhor destino para fazer intercâmbio. Tudo pode variar dependendo do seu orçamento, seu perfil e suas preferências. Se você gosta mais de frio, talvez o "local x" seja o ideal para você. Se gosta de calor, um outro local seja melhor, entende? 

A verdade é que não existe uma resposta pronta para essa pergunta. Tudo precisa ser analisado quando você está se programando para fazer o intercâmbio. 

Mas, você pode dar uma olhada no nosso conteúdo sobre alguns destinos considerados os melhores para aprender inglês, por serem mais econômicos e pela procura de intercambistas de todo o mundo. 

Confira

3) Fazer um intercâmbio é muito caro? 

Você vai perceber bem rápido que a maioria das respostas para as dúvidas mais frequentes sobre intercâmbio são muito relativas. Por exemplo, o valor de intercâmbio pode variar de acordo com a duração do programa escolhido e principalmente com o destino. 

Se você quer aprender inglês durante o intercâmbio e pretende estudar e trabalhar, pode escolher destinos como Austrália, Canadá e Irlanda que permitem que intercambistas trabalhem por meio turno. É uma forma de economizar e diminuir um pouco os custos. 

4) Qual o melhor tipo de acomodação em um intercâmbio? 

Geralmente, as opções de acomodação durante o intercâmbio variam de acordo com o tipo de programa que você escolhe, além de ser levado em consideração a sua idade e seu perfil. 

Se você for um estudante, provavelmente o seu tipo de acomodação seja uma homestay, uma casa de família onde os estudantes convivem de uma maneira bem intensa com os costumes e tradições locais. É como se fosse a sua família no destino onde você está agora. 

Também existem opções de residências estudantis, onde você pode ter um pouco mais de privacidade. Existem acomodações estudantis nas próprias escolas onde os intercambistas se matriculam, além de alojamentos divididos com outros estudantes de todas as partes do mundo.

Uma outra opção viável são os hotéis e hostels, perfeitos para quem pretende fazer um curso de curta duração ou pretende fazer uma passagem rápida pelo local. Ou, se preferir, você pode alugar um apartamento próprio para ter toda a privacidade que quiser. 

5) Posso trabalhar durante o tempo de intercâmbio? 

Alguns países proíbem que intercambistas trabalhem enquanto estão morando no local. Tudo irá depender do tipo de intercâmbio que você escolheu.  Felizmente, outros países permitem que intercambistas trabalhem legalmente, como é o caso da Irlanda, Nova Zelândia, Austrália e Canadá. 

Na maioria das vezes, intercambistas são empregados como babás, garçons e vendedores em lojas e shoppings. Se informe sobre a  regulamentação do país e boa sorte! 

6) Quais os tipos de intercâmbio? 

Para escolher o melhor intercâmbio é necessário que você saiba que existem vários tipos de intercâmbio. Então, vamos dar uma olhada nos principais tipos: 

- Intercâmbio de idiomas: Um dos tipos de programa mais procurados pelos intercambistas. São cursos de idiomas, como no inglês, por exemplo, com duração mínima de duas semanas que estão disponíveis nos mais diversos países ao redor do mundo. Alunos a partir de 17 anos podem se inscrever e não existe uma idade limite para participar. 

- Intercâmbio de Ensino Médio: O intercâmbio de High School é mais voltado para jovens na faixa etária entre 14 e 18 anos que queiram cursar um semestre ou um ano de seu ensino médio no exterior. 

- Intercâmbio de idiomas + atividades extras: Programa perfeito para quem pretende aliar alguma atividade prazerosa com os estudos de um idioma. Você pode escolher entre aulas de artes, fotografia, teatro, yoga, culinária, dança, esportes, entre muitas outras. 

- Intercâmbio Au Pair: Bastante escolhido entre jovens de 18 a 26 anos, o Au Pair é um programa de trabalho remunerado como babá, regulamentado pelo governo e em geral oferecido para mulheres em casas de família (mas algumas agências já estão aceitando candidatos homens). 

- Intercâmbio durante a graduação: Esse tipo de programa envolve estudantes que tenham completado o ensino médio e queiram cursar o ensino superior no exterior. Para participar, é preciso ter um conhecimento mínimo do idioma e comprovar através de um exame como TOEFL, IELTS, entre outros (depende da universidade). 

7) Como escolher o melhor tipo de intercâmbio? 

O autoconhecimento é primordial para saber qual é o melhor tipo de intercâmbio para você. Você precisa buscar um programa que combine com seu estilo de vida e que vá ao encontro dos seus objetivos. 

Responda algumas perguntas para facilitar esse processo: Você prefere um destino mais calmo ou mais agitado?  Pretende trabalhar durante o período no país? Quanto tempo você pretende ficar? As respostas para essas perguntas com certeza irão te ajudar a encontrar o melhor tipo de intercâmbio para você. 

8) Quando começar a se programar? 

Só existe uma resposta para essa pergunta: o quanto antes. É preciso de tempo para você conseguir se planejar de uma maneira calma e tranquila para embarcar nessa aventura que é o intercâmbio. Dependendo do destino escolhido, você precisa de um visto, você precisa estar com seus documentos em dia, inclusive seu passaporte. 

Alguns destinos exigem seguro de saúde e que você tome vacinas antes de entrar no país. Portanto, tenha em mente que você precisa ao menos de alguns meses para finalmente viajar. 

E aí, o que você achou deste conteúdo? Conta pra gente nos comentários!